Home / Destaques / Nordeste está representada com empresário baiano em encontro com Barack Obama

Nordeste está representada com empresário baiano em encontro com Barack Obama

“Falamos bastante sobre a situação social dos jovens afrodescendentes no Brasil”, conta o empresário baiano Paulo Rogério Nunes sobre o encontro realizado, nesta quinta (5), com o ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. A conversa ocorreu após palestra ministrada pelo norte-americano em São Paulo.

Único nordestino na sala de reunião, Paulo, que também é publicitário e consultor em diversidade, juntou-se a outros 10 jovens líderes brasileiros que trocaram ideias com Obama. O encontro faz parte das atividades da fundação que leva o nome do ex-presidente e que apoia o surgimento de novos líderes.

Durante a conversa, ele disse que o ex-presidente “falou pouco e escutou bastante”. A intenção de Obama, conforme Paulo, era dialogar com as pessoas atuantes em comunidades. O ex-presidente estava interessado em saber como a Fundação Obama poderia ajudá-los em seus projetos.

Nascido no subúrbio ferroviário de Salvador, o publicitário aproveitou essa oportunidade para apresentar projetos de mobilização e interesses socioeconômicos ao ex-presidente. “Falei um pouco do projeto Vale do Dendê, que visa transformar Salvador na capital criativa do Brasil”, revelou sobre a plataforma digital de atração de investimentos, da qual é cofundador.

Além do Vale do Dendê, o publicitário é cofundador do Instituto Mídia Étnica. Essa organização realiza ações na área de comunicação com o enfoque para as comunidades afro-brasileiras.

Afinidade

O interesse pela tecnologia é característica comum entre o baiano e o ex-presidente. O direcionamento do bate-papo dos dois girou em torno de como as ações inovadoras podem transformar de forma positiva a realidade e a vida dos povos.

Nesse sentido, Paulo destacou que esse público é capaz de utilizar os meios tecnológicos na garantia da liberdade de expressão e empoderamento social.

“O uso da tecnologia é muito importante. Além de ser um entusiasta da área, acredito que o domínio e a utilização desse meio podem transformar a vida das pessoas”, afirma o empreendedor social.

O cenário midiático foi também discutido na oportunidade. “Falamos sobre diversidade na mídia. Disse que o Brasil precisava de uma apresentadora de televisão da representatividade da Oprah Winfrey ou um canal direcionado para a comunidade afrodescendente”, defende o empresário.

Paulo Rogério aproveitou também o encontro com Obama para entregar um kit contendo uma bandeira da Bahia, uma camisa do Olodum, um boné do projeto Vale do Dendê e um encarte com os principais pontos turísticos de Salvador. A ideia é convidá-lo para conhecer a capital baiana. “Ele precisa ter contato com nosso povo. Muito do que conversamos existe na realidade soteropolitana”, justifica Paulo.

Fonte: A TARDE On Line

 


CONTEÚDO ALTERNATIVO CASO O VISITANTE NÃO TENHA O PLUGIN DE FLASH EM SEU COMPUTADOR (ESTE CONTEÚDO PODE APARECER TAMBÉM ENVOLVIDO POR UMA "DIV")


Sobre Rafael Santana

Rafael Bonfim Santana é jornalista com experiência em diversos sites e jornais da Bahia

Veja Tambem

Felipe Lucas defende proposta de indicação sobre uso de propaganda em uniformes dos alunos da rede municipal de ensino de Salvador

Alunos da rede municipal de ensino de Salvador podem passar a estampar logomarcas de empresas ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.