Home / Destaques / Nova Escola Municipal do Beiru é recebida com festa por moradores do Arenoso

Nova Escola Municipal do Beiru é recebida com festa por moradores do Arenoso

Crédito: Max Haack/Secom/PMS

Quando começou a atuar como professora na Escola Municipal do Beiru, há 12 anos, a hoje diretora Alexa Pereira passou a ver a unidade de ensino, que a acolheu com carinho, sofrer cada vez mais com a degradação da estrutura em pré-moldado. O cenário, antes da demolição realizada pela Prefeitura em julho do ano passado, era de placas soltas, infiltrações e demais problemas que causavam insegurança para a comunidade escolar.

O sonho de um novo imóvel foi concretizado na quarta-feira (22), com a entrega da unidade de ensino completamente reconstruída em cerimônia que contou com as presenças do prefeito ACM Neto, do vice Bruno Reis, do secretário Bruno Barral (Educação), demais gestores municipais, autoridades e população.

Crédito: Max Haack/Secom/PMS

“O início deste sonho foi com o projeto Ouvindo Nosso Bairro, no qual a comunidade pediu a reforma da escola. Aprendi a admirar e respeitar este local e só tenho a agradecer o empenho de todos para que os alunos continuassem a estudar no período da reconstrução da unidade. Hoje, dá-se início a uma nova Escola Municipal do Beiru”, pontua Alexa, empolgada.

O prefeito ACM Neto salientou que, hoje, a população passa a contar com uma unidade de ensino bonita, confortável e com qualidade, em nível semelhante à da rede privada e que vai dar mais estímulo aos alunos para estudar. Foi salientado também que a Prefeitura vai continuar a inaugurar uma unidade de ensino por semana até o início do ano letivo de 2018 – estão previstas mais 15 unidades até fevereiro.

“É um ano letivo que começará como deve: com novas escolas, fardas, kit escolar e merenda ainda melhor. Além disso, haverá um número maior de matrículas, devido à ampliação da rede municipal de ensino com novas escolas”, completa.

Crédito: Max Haack/Secom/PMS

Estrutura – A unidade de ensino atende a 678 alunos da comunidade, da Pré-escola (até cinco anos), do Ensino Fundamental I (do 1º ao 5º ano), dos projetos Se Liga e Acelera, além do Educação de Jovens e Adultos (EJA). Para executar a reconstrução total do espaço, que possui 798 m² de área construída, foram investidos R$2,3 milhões, com recursos próprios do Município.

Agora, a escola dispõe de dez salas de aula, área de alimentação com cozinha, depósito de merenda, refeitório, área de serviço e vestiário de funcionários com sanitários. O projeto do novo equipamento educacional inclui também acessibilidade e dependências administrativas como secretaria, diretoria, sala de professores e de reunião.

Fonte: Secom/PMS


CONTEÚDO ALTERNATIVO CASO O VISITANTE NÃO TENHA O PLUGIN DE FLASH EM SEU COMPUTADOR (ESTE CONTEÚDO PODE APARECER TAMBÉM ENVOLVIDO POR UMA "DIV")


Sobre Rafael Santana

Rafael Bonfim Santana é jornalista com experiência em diversos sites e jornais da Bahia

Veja Tambem

Felipe Lucas defende proposta de indicação sobre uso de propaganda em uniformes dos alunos da rede municipal de ensino de Salvador

Alunos da rede municipal de ensino de Salvador podem passar a estampar logomarcas de empresas ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.