Home / Destaques / Plataforma Mosquito Zero participa de competição para atração de investidores

Plataforma Mosquito Zero participa de competição para atração de investidores

Crédito: Arquivo CORREIO

O investimento financeiro, aliado à habilidade técnica e à capacidade de gestão, integra a lista principal de incentivos para alavancar um projeto de sucesso, em especial no setor de inovação. E é justamente em busca de novos investidores que a plataforma Mosquito Zero participa, a partir das 13h30 deste sábado (7), do Baanko Challenge, um programa de pré-aceleração de negócios para empreendedores voltados para a área de inovação. O evento integra o Startup Day do Sebrae, e visa fomentar ações de impacto para populações com problemas socioambientais. A atividade acontece no Hotel Fiesta, na Avenida Antônio Carlos Magalhães.

A etapa final do Baanko Challenge contará com a participação de dezesseis equipes, cujos projetos de impacto social atendem os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU). Destes, os três melhores trabalhos serão contemplados. A equipe do Mosquito Zero leva como trunfo um sistema que conta com tecnologia virtual e física, através de aeronaves não tripuladas, também conhecidas como drones, atuando na identificação, catalogação e controle dos focos de infestações dos mosquitos aedes aegypti e aedes albopictus, responsáveis por arboviroses como dengue, zika vírus, chikungunya e a síndrome de Guillain-Barré.

“Estes programas de incentivo auxiliam nosso processo de sensibilização de entidades e da população sobre a necessidade de que haja uma colaboração coletiva em torno da causa. O processo de aceleração desses projetos é de extrema importância na elaboração de estratégias de contingência e erradicação dos focos de mosquitos, em especial nos domicílios, que são responsáveis pela maioria das infestações detectadas pelo sistema diariamente, alcançando algo como 80% da geração do Aedes”, destaca o servidor da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Alex Sandro Correia, desenvolvedor do programa.

Mosquito Zero – O Mosquito Zero foi implantado oficialmente em 2016 e pode ser baixado nas plataformas iOS e Android. Com uma plataforma digital de fácil operação, o sistema é composto por um App, que auxilia o cidadão a identificar, registrar por meio de fotografia e notificar focos do mosquito em tempo real, além do portal mosquitozero.com.br. O projeto conta ainda com um drone dinâmico que, além da identificação dos depósitos de ovos e larvas do mosquito aedes aegypti, auxilia no tratamento dos focos.​


CONTEÚDO ALTERNATIVO CASO O VISITANTE NÃO TENHA O PLUGIN DE FLASH EM SEU COMPUTADOR (ESTE CONTEÚDO PODE APARECER TAMBÉM ENVOLVIDO POR UMA "DIV")


Sobre Mathias Jaimes

Mathias Ariel Jaimes é CEO da TV Servidor / Axé Notícias. Formado em publicidade. Estou artes plásticas na Universidade Federal da Bahia. MBA em marketing e publicidade estratégica na Uninassau

Veja Tambem

Felipe Lucas defende proposta de indicação sobre uso de propaganda em uniformes dos alunos da rede municipal de ensino de Salvador

Alunos da rede municipal de ensino de Salvador podem passar a estampar logomarcas de empresas ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.