Home / Destaques / Prefeito premia estudantes vencedores do Prêmio Jorge Amado de Literatura

Prefeito premia estudantes vencedores do Prêmio Jorge Amado de Literatura

Crédito: Max Haack/Secom/PMS

Caneta e papel na mão. Aos poucos, a estória que pertencia apenas à Talita Brito, de 15 anos, ganha asas para pairar sobre o apreço de tantos outros leitores. Talita foi apenas um dos 15 alunos da Rede Municipal a receber o Prêmio Jorge Amado de Literatura, na tarde desta quarta-feira (23). O evento de premiação, realizado no auditório do Mundo Plaza, contou com a presença do prefeito ACM Neto, do secretário Municipal de Educação, Bruno Barral, da neta do escritor Jorge Amado, Maria João Amado, da presidente do conselho diretor do Plano Municipal do Livro (PMLLB), Lourdes de Fátima, além de alunos e professores da rede.

O evento foi criado com o objetivo de valorizar a história e a literatura da Bahia, por meio da referência a Jorge Amado, e de incentivar crianças, jovens e adolescentes de escola pública a se tornarem escritores. “Hoje podemos dizer que Salvador conseguiu organizar um prêmio literário para incentivar os alunos. Queremos para as nossas escolas esse tipo de ambiente, onde as crianças possam, inclusive, fazer despertar uma vocação. Quem sabe, assim, a gente não ajuda a formar uma nova geração de futuros Jorges e Zélias?”, questiona o prefeito.

Crédito: Max Haack/Secom/PMS

Durante o evento, o secretário Bruno Barral lembrou que a educação e o incentivo à leitura são elementos fundamentais para o desenvolvimento de qualquer cidadão. “Vocês, meninos e meninas, estão de parabéns! Esse é um momento de glória que deve ficar registrado em suas cabeças para que vocês se esforcem para melhorar a cada dia”, complementa.

A premiação ocorre em cinco categorias: poesia, conto, romance, HQ e videoclipe. Os ganhadores de cada categoria receberam prêmios de R$ 4 mil (para os primeiros colocados), R$ 3 mil (para as segundas posições) e R$ 2 mil (para o terceiro lugar), valores sujeitos à tributação de impostos. Além disso, o professor orientador indicado na ficha do aluno premiado recebeu um tablet.

Com a classificação, a vencedora em primeiro lugar da categoria romance, Talita Brito, já sonha em investir na carreira de escritora. Em um mês, a adolescente organizou e finalizou um romance de 139 páginas, escrito em dez meses, intitulado Consequências Inesperadas, que narra a estória de um alemão e uma russa que se apaixonam no início da Segunda Guerra Mundial. Emocionada por receber a premiação das mãos do prefeito, a estudante avaliou o prêmio como uma grande oportunidade: “Esse evento fez com que eu me lançasse no mundo da literatura e, com certeza, vai incentivar vários outros alunos também”.

O evento premiou também dois adolescentes que cumprem medidas socioeducativas e que sonham com a mudança de vida, após esta conquista. Eles ficaram em segundo e terceiro lugar, respectivamente, na categoria HQ. J.J.S. e P.T.A.S que escreveram ‘Um Recomeço de Vida’ e ‘A Escolha de um Guerreiro’ se emocionaram com a escolha.

Para a neta de Jorge Amado, o prêmio pode servir também como instrumento de transformação social. “Poder reconhecer o talento desses alunos nos dá alegria. Ver essas crianças produzindo, e produzindo textos com qualidade, nos deixa muito felizes. Eu li as produções da edição passada e me emocionei muito porque os trabalhos têm, realmente, qualidade. O meu avô era um contador de estória, falava com o coração, e ele procurou dar voz ao povo da Bahia. E eu vejo que essas crianças já são contadoras de estórias e podem crescer cada vez mais na cultura e na vida”, ressaltou Maria João.

Categorias e vencedores:

POESIA – A primeira colocada foi Rafaela Ferreira Neves, da Escola Municipal Ilha de Maré, com a obra “Uma Nação Corpo e Alma”. Em segundo lugar, ficou Sophia Ferreira Barbosa dos Santos, da Escola Municipal Santa Ângela Das Mercês, com a produção de “Bahia Terra de Alegria”. Marcos Vinícius Santos de Almeida, da Escola Municipal Dr. Orlando Imbassahy, ficou em terceiro lugar, com o “Tributo a Jorge Amado”. Os alunos foram orientados pelos professores Josevaldo Santiago, Adriana Ávila Santos e Cíntia Maria Araújo, respectivamente.

CONTO – A aluna Raniele de Jesus Ribeiro,da  Escola Municipal Beatriz de Farias, foi a vencedora desta categoria, com a criação de “As Aventuras de Glória e Bioncê”, sob orientação do professor Laedson Carlos Moreira da Silva. Na segunda colocação ficou Maria Clara Barbosa dos Santos, da Escola Municipal Nossa Senhora de Nazaré, com o conto “A Bela Moça dos Olhos Lindos”. Ela foi orientada pela professora Maria Lúcia dos Santos Moreira. Já a aluna Raianne Andrade de Souza, da Escola Municipal Assistência Social São José, conquistou o terceiro lugar, com a obra “A Menina com Poderes Mágicos”, sob orientação da professora Daniela Maria Souto de Assis.

ROMANCE -“Consequências Inesperadas” é o título da obra literária de Talita do Espírito Santo Brito, aluna da Escola Municipal Professor Manoel Almeida Da Cruz, que ficou em primeiro lugar nesta categoria. Geovanna Santos Correia, da Escola Municipal Brigadeiro Eduardo Gomes, conquistou o segundo lugar com a criação “A Colheita”. A aluna foi orientada pela professora Eliane Souza da Silva Neves. Na terceira colocação, ficou a aluna Leila Maria Barreto Silva, da Escola Municipal Pirajá da Silva, com a obra “Jimim”, Para Você, sob orientação do professor João Paulo Bispo.

HQ – Na categoria História em Quadrinhos (HQ), os vencedores foram: Leandro Vinicius Argolo Lima Filho, da Escola Municipal de Plataforma, com O Poder Além do Planeta Terra, em primeiro lugar. Os alunos J.J.S., autor de Um Recomeço de Vida, e P.T.A.S., com a obra A Escolha de um Guerreiro, ficaram em segundo e terceiro lugares, respectivamente. Eles são alunos da Escola Municipal Yves de Roussan e foram orientados pelo professor Bruno Fabrício D’almeida da Silva.

VIDEOCLIPE – O primeiro lugar ficou com o aluno Wenderson Sacramento Silva, da Escola Municipal Antonio Carlos Peixoto Magalhães, com a obra Outro Dia, sob orientação da professora Claudia Santos. O segundo colocado foi Samuel Silva Santos, da Escola Municipal Teodoro Sampaio, com a obra Romeu e Julieta em Terras Baianas, orientado pela professora Ana Claudia Napomuceno Sacramento. E em terceiro lugar, Narciso Guimell Carvalho Lima dos Santos, Escola Municipal Professor Manoel Almeida da Cruz, com o videoclipe Todo Mundo Pode Aprender, orientado pela professora Emília Urpia.

Fonte: Secom/PMS


CONTEÚDO ALTERNATIVO CASO O VISITANTE NÃO TENHA O PLUGIN DE FLASH EM SEU COMPUTADOR (ESTE CONTEÚDO PODE APARECER TAMBÉM ENVOLVIDO POR UMA "DIV")


Sobre Rafael Santana

Rafael Bonfim Santana é jornalista com experiência em diversos sites e jornais da Bahia

Veja Tambem

Felipe Lucas defende proposta de indicação sobre uso de propaganda em uniformes dos alunos da rede municipal de ensino de Salvador

Alunos da rede municipal de ensino de Salvador podem passar a estampar logomarcas de empresas ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.