Home / Polícia / Procuradores apresentam a Raquel Dodge sobre futuro da Lava Jato

Procuradores apresentam a Raquel Dodge sobre futuro da Lava Jato

Crédito: Evaristo Sá/AFP

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, recebeu, nesta segunda-feira (9), três procuradores que integram a força-tarefa da Operação Lava Jato de Curitiba – base e origem da maior investigação já realizada no País contra a corrupção. Durante a reunião, os procuradores apresentaram a Raquel um histórico dos trabalhos desenvolvidos desde abril de 2014, início da operação que levou à prisão de doleiros, empreiteiros e políticos que não detêm foro privilegiado – o trabalho da força-tarefa já resultou em mais de 160 condenações e na devolução de mais de R$ 4 bilhões aos cofres públicos.

Foi a primeira vez que Raquel recebeu procuradores da Lava Jato de Curitiba.

Os procuradores destacaram à chefe do Ministério Público Federal os acordos de delação premiada celebrados pela força-tarefa, que já somam mais de 150, que permiteo o avanço da operação instaurada com o objetivo de apurar fraudes em contratos da Petrobras.

Além do coordenador do grupo, procurador da República Deltan Dallagnol, participaram do encontro os procuradores Paulo Roberto Galvão e Antônio Carlos Welter, que integram a força-tarefa de Curitiba. Eles falaram sobre o futuro da operação na primeira instância.

Raquel estava acompanhada da secretária da Função Penal Originária no Supremo Tribunal Federal, procuradora regional da República Raquel Branquinho, e do coordenador do Grupo de Trabalho (GT) da Lava Jato em Brasília, procurador regional José Alfredo de Paula Silva.

Fonte: Estadão Conteúdo

 


CONTEÚDO ALTERNATIVO CASO O VISITANTE NÃO TENHA O PLUGIN DE FLASH EM SEU COMPUTADOR (ESTE CONTEÚDO PODE APARECER TAMBÉM ENVOLVIDO POR UMA "DIV")


Sobre Rafael Santana

Rafael Bonfim Santana é jornalista com experiência em diversos sites e jornais da Bahia

Veja Tambem

Polícia prende suplente de vereador de cidade do interior da Bahia suspeito de estupro em SP

Suspeito de ter se passado por um policial federal para sequestrar e estuprar uma mulher, ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.