Home / Destaques / Salvador recebe intensificação de vacinação contra febre amarela

Salvador recebe intensificação de vacinação contra febre amarela

Crédito: Jefferson Peixoto/Secom/PMS

Salvador recebe neste sábado (29) o Dia D de vacinação contra a febre amarela em cerca de 120 pontos de imunização disponibilizados pela Prefeitura. Entre os postos de saúde e locais estratégicos escolhidos para atender aos cidadãos estão: shoppings, supermercados, escolas, creches, associações e igrejas. A ação de intensificação da imunização ocorre como forma de garantir que o município esteja zerado de casos da doença em humanos, que pode levar ao óbito, na forma mais grave. A mobilização, que segue até as 17h, faz parte do Plano de Ação da Intensificação Vacinal contra a doença deflagrado pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS).

De acordo com Doiane Lemos, subcoordenadora do setor de Imunização da SMS, essa é uma convocação para que as pessoas se mobilizem e compareçam aos postos de vacinação. “Temos um contingente de um 1,4 milhão de pessoas que precisam se vacinar. É importante que a população saiba que a febre amarela é uma doença grave, que pode matar e precisamos da vacina para estrar prevenido. Foi registrada uma quantidade grande no município de morte de macacos e já tivemos registros de mosquitos que transmitem a doença. Não queremos que o homem entre nesse meio porque pode desenvolve o quadro grave da doença”, observou.

A gestora destacou que a mobilização facilita o acesso das pessoas à imunização, tendo em vista que durante a semana muitas têm dificuldade em deixar seus afazeres para se dirigir às unidades de saúde. Ela também relembrou que existem casos graves de febre amarela identificados em outros estados do país. “Em Minas Gerais, por exemplo, eles vivenciaram casos graves e situações muito delicadas, com registros de pessoas com a doença e óbitos”, destacou Lemos.

A Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) monitora a movimentação de procura pelo imunobiológico em pontos estratégicos da mobilização. Nesta ocasião, a população dispõe de mil profissionais de saúde para atualizar seu calendário vacinal. Para receber a dose, basta que o cidadão compareça em um dos pontos de vacinação com um documento oficial de identificação com foto. É importante ainda levar os cartões de vacinação e do SUS, facilitando o atendimento.

A vacina é administrada em dose única para o público entre 9 meses e 59 anos. O Ministério da Saúde afirma que o imuno é contraindicado para crianças menores de seis meses, idosos acima dos 60 anos, gestantes, mulheres que amamentam crianças de até seis meses, pacientes em tratamento de câncer e pessoas imunodeprimidas. Para estes grupos, a orientação é que a pessoa busque ajuda médica, cujo profissional de saúde avaliará o benefício e o risco da vacinação, levando em conta o risco de eventos adversos.


CONTEÚDO ALTERNATIVO CASO O VISITANTE NÃO TENHA O PLUGIN DE FLASH EM SEU COMPUTADOR (ESTE CONTEÚDO PODE APARECER TAMBÉM ENVOLVIDO POR UMA "DIV")


Sobre Mathias Jaimes

Mathias Ariel Jaimes é CEO da TV Servidor / Axé Notícias. Formado em publicidade. Estou artes plásticas na Universidade Federal da Bahia. MBA em marketing e publicidade estratégica na Uninassau

Veja Tambem

Felipe Lucas defende proposta de indicação sobre uso de propaganda em uniformes dos alunos da rede municipal de ensino de Salvador

Alunos da rede municipal de ensino de Salvador podem passar a estampar logomarcas de empresas ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.