Home / Destaques / ACM Neto demonstra consternação com morte da vereadora Marielle Franco: ‘se houve motivação política, é muito mais grave ainda. Esse ato bárbaro precisa de resposta rápida’

ACM Neto demonstra consternação com morte da vereadora Marielle Franco: ‘se houve motivação política, é muito mais grave ainda. Esse ato bárbaro precisa de resposta rápida’

O prefeito ACM Neto afirmou hoje (16) que ficou chocado e consternado com os assassinatos bárbaro da vereadora Marielle Franco (PSOL), da cidade do Rio de Janeiro, e do motorista dela. Em entrevista à imprensa durante a X Reunião de Ministros da Educação da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), que acontece no Hotel Deville Prime, em Itapuã, o prefeito disse a sociedade exige respostas urgentes, principalmente porque, ao que tudo indica, se tratou de execução.

“Se houve motivação política, é muito mais grave ainda. Mas o que interessa é que foram duas vidas humanas ceifadas nesse ato bárbaro que precisa de resposta rápida. E temos a consciência de que episódios como esse não são limitados ao Rio, mas se espalham por todo o Brasil, com o crescimento da violência. E enfrentar isso precisa ser pautado como prioridade para o país”, declarou.

ACM Neto lembrou que é sabido que a vereadora tinha posições muito contundentes em defesa dos negros, das mulheres e também na questão da segurança pública no Rio. “Independentemente das diferenças partidárias, todos nós ficamos muito chocados como que aconteceu no Rio e não podemos aceitar esse tipo de coisa. É preciso que se identifique rapidamente quem foram os autores e as motivações (do crime)”, ressaltou o prefeito.

 


CONTEÚDO ALTERNATIVO CASO O VISITANTE NÃO TENHA O PLUGIN DE FLASH EM SEU COMPUTADOR (ESTE CONTEÚDO PODE APARECER TAMBÉM ENVOLVIDO POR UMA "DIV")


About Rafael Santana

Rafael Bonfim Santana é jornalista com experiência em diversos sites e jornais da Bahia com foco em pautas políticas regionais

Check Also

TCE-RJ aponta sobrepreço na compra de respiradores no governo Wilton Witzel; Tribunal apurou sobrepreço de R$ 123 milhões

O Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ), por meio da Secretaria ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.