Principal / Destaques / Águas do Projeto São Francisco chegam ao Ceará

Águas do Projeto São Francisco chegam ao Ceará

MDR

A chegada das águas do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco ao sertão cearense, nesta sexta-feira (26), marca a entrega da última grande estrutura do empreendimento que atenderá milhões de brasileiros na região Nordeste. O ato de abertura das comportas no Reservatório Milagres contou com a participação do presidente da República, Jair Bolsonaro, e do ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, além de outras autoridades. “Nossa recomendação desde o início do governo era de que não deixaríamos nenhuma obra parada, e, agora, estamos fornecendo água para quem mais precisa. Isso faz parte do nosso compromisso e ficamos muito felizes. O Projeto vai ajudar na agricultura, na irrigação das terras e levará água à casa do cidadão nordestino que tem carência disso”, destacou o presidente Jair Bolsonaro.

Com o acionamento da comporta, as águas que já abastecem o Reservatório Milagres (última estrutura em Pernambuco, na cidade de Verdejante) passaram pelo Túnel Milagres (na fronteira dos dois estados) e começaram a encher o Reservatório Jati (primeiro em território cearense). A partir deste ponto, seguirão também para a Paraíba e o Rio Grande do Norte. O ministro Rogério Marinho reforçou que a entrega das águas é um marco para todo o Nordeste. “Além de garantir água a milhões de pessoas, o Eixo Norte impulsionará o desenvolvimento econômico na região que sempre enfrentou muita escassez hídrica. É uma benção muito esperada. Obra do Estado brasileiro que foi tocada com prioridade pelo governo Bolsonaro”, ressaltou.

Agricultor familiar no município de Jati (CE), Francisco José dos Santos, de 43 anos, será um dos beneficiados com a chegada das águas ao Ceará. Isso porque no Projeto está contemplada a entrega de sistemas de abastecimento para famílias em áreas rurais. Ele conta o que já passou por causa da falta de água na região. “Já sofri muito com esse negócio de colocar água em carga. Não quero sofrer mais. Você chega cansado de um serviço e ainda vai em um jumento buscar água, é muito ruim. A água chegando é um recurso muito grande. Vai trazer felicidade para a nossa família”, afirma o agricultor.

Eixo Norte – O Eixo Norte possui 260 quilômetros de extensão, três estações de bombeamento (EBI 1, 2 e 3), 15 reservatórios, oito aquedutos e três túneis. Todas as estruturas responsáveis pela passagem de água até o Reservatório Caiçara estão concluídas, restando apenas alguns serviços complementares que não comprometem a pré-operação. O total de execução física do trecho é 97,49%. Quando todas a obras complementares estiverem concluídas e em funcionamento, a expectativa é que o Eixo Norte garanta segurança hídrica a mais de 220 cidades paraibanas, pernambucanas, cearenses e potiguares. Cerca de 6,5 milhões de pessoas contarão com abastecimento de água regular.

Todo o Eixo já recebeu R$ 6,5 bilhões em investimentos federais. Desde 2019, o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) repassou R$ 509,3 milhões para garantir a continuidade das obras e a execução de reparos em estruturas que já estavam concluídas em anos anteriores, mas que eram necessários à operação. A previsão é que, em agosto, sejam iniciados os testes de entrega de água do Projeto de Integração do São Francisco ao Cinturão das Águas do Ceará (CAC) – obra executada pelo governo estadual com recursos da União –, que abastecerá 4,5 milhões de pessoas na Região Metropolitana de Fortaleza. O trecho prioritário de 53 km do Cinturão já está apto à passagem das águas do Eixo Norte para a Bacia do Rio Jaguaribe.

Projeto São Francisco – O Projeto de Integração do Rio São Francisco soma 477 quilômetros de extensão e é o maior empreendimento hídrico do País. Quando todas a estruturas e sistemas complementares nos estados estiverem em operação, cerca de 12 milhões de pessoas serão beneficiadas em 390 municípios de Pernambuco, da Paraíba, do Ceará e do Rio Grande do Norte. O Eixo Leste, com 217 quilômetros de extensão, está em funcionamento desde 2017 e abastece 1,4 milhão de pessoas em 46 cidades pernambucanas e paraibanas. Os investimentos da União em todo o Projeto São Francisco já alcançaram R$ 10,8 bilhões. (Agência Brasil)

Sobre Mathias Jaimes

Mathias Ariel Jaimes ( DRT 5674 Ba ) , é CEO do site #TVServidor e sócio-proprietário da agência de comunicação interativa #TVS1 . Formado em publicidade na Argentina. Estudou artes plásticas na Universidade Federal da Bahia. MBA em marketing e comunicação estratégica na Uninassau. Aluno do professor Olavo de Carvalho, Curso Online de Filosofia, desde 2015.

Leia também!

Ações inclusivas protegem pessoas com deficiência durante pandemia

Desde o início da pandemia de Covid-19, a Prefeitura, através da Secretaria de Promoção Social ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *