Notícias Política Salvador Bahia Nordeste Brasil

Alexandre Aleluia defende Porciuncula: “o que tinha em Brasília era a mamata de bilhões, ocultados e sem auditar, dos tempos do PT”

O vereador Alexandre Aleluia, um dos principais aliados do presidente Jair Bolsonaro, saiu em defesa do secretário especial de Fomento e Incentivo à Cultura, André Porciuncula, acusado de pratiar rituais de cunho religioso na sede da pasta, ligada ao Ministério do Turismo.

 



Ao defender Porciuncula da notícia publicada por Guilherme Amado, do site Metrópoles, Alexandre frisou que conhece o secretário baiano e que as pessoas estariam raivosas para inventar algo contra ele. Alexandre também afirmou que a única prática ocultista que aconteceu na secretaria foi na época do PT, alegando que não havia controle da distribuição de recursos para a Cultura.

“A única “prática ocultista” que tinha lá era a mamata de bilhões ocultados e sem auditar dos tempos do PT. Conheço André há anos (por sinal católico como eu), sei a sua missão e só por isso já sabemos a raiva desse pessoal em inventar qualquer lorota a respeito dele”.

 

 

 



Sair da versão mobile