Principal / Breaking News / Alunos da rede municipal são aprovados no Ifba

Alunos da rede municipal são aprovados no Ifba

Alcançar notas altas ou a aprovação no vestibular, para ingressar em faculdades e instituições públicas de ensino, é o sonho de diversos adolescentes. Quando esse objetivo vira realidade – especialmente em um período de pandemia de Covid-19, que resultou em isolamento social e a realização das aulas de maneira remota –, a felicidade toma conta, como aconteceu com 22 alunos da rede municipal de educação de Salvador.



Eles foram aprovados no processo seletivo do Instituto Federal da Bahia (Ifba), sendo oito estudantes da Escola Municipal Alfredo Amorim (Ribeira), quatro da Escola Municipal Cidade de Jequié (Federação), três da Escola Municipal Pituaçu, uma aluna da Escola Municipal Dona Arlete Magalhães (Castelo Branco) e um aluno do Instituto Municipal de Educação Professor José Arapiraca – Imeja (Boca do Rio).

Uma das aprovadas na seleção, a estudante Erika Kailane dos Santos da Silva, disse estar bastante feliz por ingressar no Ifba. “Eu me sinto muito feliz por ter sido selecionada, por saber que é uma seleção bastante concorrida, mas nunca desisti”, contou.

A jovem de 15 anos é aluna da Escola Municipal Dona Arlete Magalhães. Erika lembra que teve sempre o incentivo da mãe e o apoio de todo o corpo docente da escola. “Eu agradeço a cada um por me incentivar, em especial à diretora Valdirene, que teve um papel muito importante na minha aprovação”, relatou a estudante, que será aluna do curso de Mecânica.

A felicidade está estampada também no rosto de Elaine dos Santos, mãe de Erika. “Estou muito feliz por saber que a minha filha foi aprovada, é algo grandioso, pois ela vem de uma escola pública”, disse a dona de casa.

Elaine ainda ressalta que diversas pessoas não valorizam os ensinamentos passados por professores da rede pública.

“Os pais dos alunos precisam cobrar dos seus filhos a devida dedicação aos estudos, além do que já é passado dentro da sala de aula”, defendeu.

Mãe de duas filhas, ela conta que a jovem de 15 anos não é a primeira da família a ser aprovada em um processo seletivo. “Eu sempre quis tirar da mente dela que aprovações em vestibulares, ou processos seletivos, eram somente para alunos de rede particular. Aqui em casa ela tem um espelho vivo, que é a minha filha mais velha, aluna de Direito em uma universidade pública”, relatou Elaine.

SMED

Processo seletivo – Devido à pandemia da Covid-19, as provas presenciais não foram realizadas. Assim, o processo seletivo foi realizado por meio da consulta do histórico do boletim de notas do estudante, obedecendo à ordem das notas médias finais. Em caso de empate, foi beneficiado o estudante inscrito na ordem candidato com a maior idade, maior média geral de língua portuguesa e maior média geral de matemática.

 

 

 



Sobre Mathias Jaimes

Mathias Ariel Jaimes ( DRT 5674 Ba ) , é CEO do site #TVServidor e sócio-proprietário da agência de comunicação interativa #TVS1 . Formado em publicidade na Argentina. Estudou artes plásticas na Universidade Federal da Bahia. MBA em marketing e comunicação estratégica na Uninassau. Aluno do professor Olavo de Carvalho, Curso Online de Filosofia, desde 2015.

Leia também!

Prefeitura de Salvador registra roubo de mais de 200 projetores no túnel da Via Expressa; imagens

A modernização da iluminação pública de Salvador tem frequentemente chamado a atenção de criminosos, que ...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *