Home / Destaques / Ana Rita Tavares pede a novo secretário de Saúde mais sensibilidade à causa animal

Ana Rita Tavares pede a novo secretário de Saúde mais sensibilidade à causa animal

Crédito: Mathias Jaimes/TV Servidor

A vereadora Ana Rita Tavares desejou boa sorte ao novo secretário de Saúde do município, Luiz Antônio Galvão, que assumiu o cargo na última segunda-feira (18), empossado pelo prefeito ACM Neto, juntamente com outros quatro nomes.

A edil pediu maior dedicação e sensibilidade com as pautas e demandas da causa animal no munícipio de Salvador, algo que não foi cumprido pelo antigo secretário da pasta. “Na gestão do antigo secretário, apresentei alguns projetos de indicação para que a Prefeitura pudesse dar continuidade a implantação de políticas públicas, mas eles não receberam a devida atenção. A prefeitura, assim como faz pelos humanos, deve fazer pelos animais”, destacou a vereadora.

Ana Rita ainda cobrou ao novo secretário mudanças nos procedimentos do Castramóvel, para tornar o serviço mais eficiente e menos dispendioso à população, a exemplo da redução de quantidade de dias de comparecimento ao local. “Hoje, a pessoa tem que ir ao Castramóvel em uma segunda ou terça-feira para avaliar se o animal tem condições de ser operado, e depois disso tem que retornar em uma quarta ou quinta-feira para fazer a cirurgia. As pessoas que recorrem a esse serviço gratuito são carentes. É oneroso para elas pagar dois transportes e, muitas vezes, faltar dois dias de trabalho”, explica a edil.

A vereadora argumenta que nas clinicas os procedimentos são realizados em um só dia. “Por que, então, fazer diferente no Castramóvel?”

Outro pleito não atendido pela Secretaria de Saúde é a falta de medicamentos para o pós-operatório dos animais levados ao Castramóvel e às clinicas contratadas pelo município para fazer castração de cães e gatos.

“A população carente leva seu animal, porém, como não tem condições de comprar os medicamentos indicados para o pós-operatório, o animal, muitas vezes, acaba apresentando infecção, indo a óbito após a cirurgia. A prefeitura precisa fornecer esses medicamentos”, relatou.

A vereadora aproveitou para lembrar que já havia indicado à prefeitura uma verba para essas mudanças, mas não foi atendida. “Em 2014, indiquei 500 mil reais para a compra de vacinas antivirais e medicamentos pós-operatórios do Castramóvel. Mas isso infelizmente, até hoje, não foi feito pela prefeitura”, pontuou Ana Rita.


CONTEÚDO ALTERNATIVO CASO O VISITANTE NÃO TENHA O PLUGIN DE FLASH EM SEU COMPUTADOR (ESTE CONTEÚDO PODE APARECER TAMBÉM ENVOLVIDO POR UMA "DIV")


About Mathias Jaimes

Mathias Ariel Jaimes é CEO da TV Servidor / Axé Notícias. Formado em publicidade. Estou artes plásticas na Universidade Federal da Bahia. MBA em marketing e publicidade estratégica na Uninassau

Check Also

Olodum realiza mais um ensaio de carnaval neste domingo (27)

Como diz um trecho da música Alegria Geral ”Pelourinho se transforma em carnaval. Nesse momento ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.