Home / Destaques / Antônio Brito, Amauri Teixeira e Jorge Solla investigados por suposto desvio: R$ 39 milhões

Antônio Brito, Amauri Teixeira e Jorge Solla investigados por suposto desvio: R$ 39 milhões

O Ministério Público do Estado ingressou com uma ação por improbidade administrativa contra os deputados Antônio Brito, Amauri Teixiera e o atual parlamentar e ex-secretário de saúde no governo petista Jaques Wagner, Jorge Solla por irregularidades em 11 contratos entre a Secretaria de Saúde do Estado e a Fundação José Silveira entre 2007 e 2012.

Em 5 anos, o governo Jaques Wagner repassou à fundação aproximadamente R$ 202 milhões. Deste total, estão sendo questionados os repasses de R$ 39 milhões para pagar contribuições sociais às quais a FJS seria isenta. A informação é negada pela direção da José Silveira, que argumenta estar cumprindo a lei e ter pareceres favoráveis do Ministério Público para os contratos. (Com informações do Correio)


CONTEÚDO ALTERNATIVO CASO O VISITANTE NÃO TENHA O PLUGIN DE FLASH EM SEU COMPUTADOR (ESTE CONTEÚDO PODE APARECER TAMBÉM ENVOLVIDO POR UMA "DIV")


About Mathias Jaimes

Mathias Ariel Jaimes é CEO da TV Servidor / Axé Notícias. Formado em publicidade. Estou artes plásticas na Universidade Federal da Bahia. MBA em marketing e publicidade estratégica na Uninassau

Check Also

Aleluia cobra que Rui Costa assuma sua responsabilidade diante da crise: ” Rui do PT quer enganar quem?”

“O governador Rui Costa ficou omisso a semana toda e vem agora com conversa fiada, ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.