Home / Destaques / Argentinos votaram com “bronca”, admite Maurício Macri

Argentinos votaram com “bronca”, admite Maurício Macri

Foto: The Indian Express

Na entre​vista, Macri e seu candidato a vice-presidente, o senador Miguel Ángel Pichetto, disseram que continuarão em campanha, buscando a reeleição provavelmente no segundo turno, em novembro. O cenário atual é, porém, difícil para a reeleição de Macri porque a chapa opositora, Frente de Todos, formada por Alberto Fernández e pela ex-presidente Cristina Kirchner, teve muito mais votos que o esperado.Segundo dados oficiais, da noite desta segunda-feira, com mais de 98% das mesas apuradas, Fernández recebeu quase 48% dos votos e Macri contou com 32%. Para ser eleito presidente o mais votado deve receber 45% da votação ou 40% e uma vantagem de 10% sobre o outro postulante. Com os resultados de domingo, das primárias, ficou difícil para Macri recuperar tantos votos, apontam analistas argentinos.

Na coletiva, Macri disse que percorreu o país “mais de 70 vezes”, nestes três anos e meio de governo, e viu de perto as dificuldades enfrentadas pelos argentinos com a atual crise econômica. “Entendo a bronca dos argentinos”, disse.

“Argentina não pode voltar ao passado. O mercado financeiro reagiu assim (nesta segunda-feira) porque está preocupado com a volta do kirchnerismo. É o que vai acontecer (se o kirchnerismo voltar)”, descreveu o presidente, que voltou a admitir a derrota no domingo. (Clarin)


CONTEÚDO ALTERNATIVO CASO O VISITANTE NÃO TENHA O PLUGIN DE FLASH EM SEU COMPUTADOR (ESTE CONTEÚDO PODE APARECER TAMBÉM ENVOLVIDO POR UMA "DIV")


About Mathias Jaimes

Mathias Ariel Jaimes é CEO da TV Servidor / Axé Notícias. Formado em publicidade. Estou artes plásticas na Universidade Federal da Bahia. MBA em marketing e publicidade estratégica na Uninassau

Check Also

TV. Artistas argentinos e políticos ligados a Cristina Kirchner homenageiam Che Guevara”

No vídeo exaltam a vida do guerrilheiro genocida Che Guevara artistas renomados como Susana Ronaldi, ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.