Home / Economia / Centro POP Dois de Julho tem 195 pessoas cadastradas em menos de um mês

Centro POP Dois de Julho tem 195 pessoas cadastradas em menos de um mês

Antes mesmo de completar um mês em funcionamento, 195 pessoas já estão cadastradas para atendimento no Centro de Referência Especializado de Assistência Social para População em Situação de Rua (Centro POP) do Dois de Julho, administrado pela Secretaria Municipal de Promoção Social, Esporte e Combate à Pobreza (Semps). A unidade tem capacidade para 200 atendimentos mensais.

Todos que procuram o Centro de Referência fazem o cadastro para que sejam encaminhados de acordo com a própria demanda. São ofertados serviços como atendimento psicossocial, individualizado e/ou em grupo; atividades em grupo; oficinas de geração de renda e socioeducativas; guarda de documentos e/ou pertences; espaço de convivência e higienização são ofertados no Centro POP, além de encaminhamentos à rede socioassistencial, de educação, saúde e justiça.

Aos 36 anos, Vinicius Borges diz que está em situação de rua por conta das drogas, e foi na própria rua que ficou sabendo do Centro POP Dois de Julho. “Venho todos os dias ao centro, tomo café da manhã, descanso, tomo banho, assisto TV, tem o lanche da tarde”, pontua. O equipamento tem um espaço com cadeiras e televisão para filmes e depois debate sobre o tema, sempre acompanhado por um especialista. “Eles [os funcionários] estão sempre ajudando a gente a contornar a situação e dar a volta por cima”, acrescenta. “Estou aqui desde o segundo dia de inaugurado, minha pretensão é de ser albergado e depois ganhar um auxílio aluguel para pagar uma casa pra tocar a vida em frente”, conclui a auxiliado. Como Vinícius, o jovem Wesley Nascimento, 27, também está no Centro POP desde o início do funcionamento, afirma gostar muito de passar o dia lá, “Amanhece o dia e eu fico na porta esperando abrir. É o melhor lugar que tem. Melhor do que estar na rua, néh?”, disse o jovem animado ao produzir um desenho no início da tarde.

Os encaminhamentos são realizados após a identificação das demandas pessoais do atendido: podem ser retirada de documentos oficiais, orientação jurídica, acolhimento institucional, serviços médicos e educacionais, entre outros. A unidade do bairro do Dois de Julho conta com dois assistentes sociais, dois psicólogos, quatro educadores sociais, dois auxiliares administrativos, um agente de portaria e um auxiliar de serviços gerais.

Para atendimento, o Centro funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Nos fins de semana e feriados, a equipe do serviço especializado de abordagem social realiza busca ativa de pessoas em situação de rua e realiza os encaminhamentos necessários, como os serviços especializados de abordagem social, dos órgãos da rede de garantia de direitos ou por demanda espontânea.


CONTEÚDO ALTERNATIVO CASO O VISITANTE NÃO TENHA O PLUGIN DE FLASH EM SEU COMPUTADOR (ESTE CONTEÚDO PODE APARECER TAMBÉM ENVOLVIDO POR UMA "DIV")


About Mathias Jaimes

Mathias Ariel Jaimes é CEO da TV Servidor / Axé Notícias. Formado em publicidade. Estou artes plásticas na Universidade Federal da Bahia. MBA em marketing e publicidade estratégica na Uninassau

Check Also

Vastiane comenta mandado de segurança impetrado por Priscila Chammas contra Prefeitura de Salvador: “quais os números reais da Crise”

A Justiça atendeu ao mandado de segurança impetrado pela jornalista Priscila Chammas contra a gestão ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.