Home / Política / Congresso estima impacto de R$ 4 milhões nas contas públicas com reajuste de salário dos ministros do STF

Congresso estima impacto de R$ 4 milhões nas contas públicas com reajuste de salário dos ministros do STF

Crédito: Nelson Jr./SCO/STF

A proposta dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) de elevar seus salários dos atuais R$ 33.763,00 para R$ 39.293,32, um reajuste de 16,38% teria um impacto de R$ 4 bilhões nas contas públicas, considerando o Executivo, Legislativo, Ministério Público e também os estados da federação. A estimativa foi feita por consultorias da Câmara e do Senado Federal.

O STF anunciou a proposta do aumento nesta quarta-feira (8), ao aprovar o orçamento da Corte para o ano que vem. A proposta será encaminhada ao Ministério do Planejamento, responsável por elaborar o Orçamento Geral da União. Depois o texto passa pelo Congresso e, por fim, pela sanção presidencial.

O aumento nos salários dos ministros gera um efeito-cascata nas contas, porque representa o teto do funcionalismo público. Caso o limite seja alargado, aumenta também o número de servidores que poderão receber um valor maior de gratificações e verbas extras que hoje ultrapassam o teto.

Além disso, há categorias que têm o salário atrelado proporcionalmente ao de ministros do Supremo.

Informações reproduzidas da Tribuna da Bahia On Line


CONTEÚDO ALTERNATIVO CASO O VISITANTE NÃO TENHA O PLUGIN DE FLASH EM SEU COMPUTADOR (ESTE CONTEÚDO PODE APARECER TAMBÉM ENVOLVIDO POR UMA "DIV")


About Rafael Santana

Rafael Bonfim Santana é jornalista com experiência em diversos sites e jornais da Bahia

Check Also

Educação no lixo. Rui Costa abandona Colégio Edgar Santos

Não tem muito o que falar. Confira nas imagens o nível de sucateamento do Colégio ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.