Home / Carnaval da Bahia / Credenciamento de ambulantes para Carnaval termina em tempo recorde

Credenciamento de ambulantes para Carnaval termina em tempo recorde

SECOM Prefeitura de Salvador

A Secretaria Municipal da Ordem Pública (Semop) conclui o credenciamento dos trabalhadores informais para atuar no Carnaval sem registrar tumulto. Este ano, a Semop adotou um novo processo para o credenciamento, dando mais agilidade e comodidade aos ambulantes. O atendimento começou ainda na madrugada de ontem (03) e teve plantão ininterrupto até a conclusão, às 23h21. O tempo médio de atendimento por pessoa nos guichês foi de pouco mais de quatro minutos, comprovando a eficiência do aumento no número de atendentes (15 no total), triplicado se comparado com os anos anteriores. A estrutura montada dentro da sede da Semop, em Mata Escura, onde ocorreu o licenciamento, também foi diferenciada, com 600 assentos em área coberta, com ventiladores, água, café, suco e lanche para quem esperava o momento de ser contemplado.

De acordo com o titular da Semop, Felipe Lucas, o resultado do planejamento da secretaria foi o almejado. “Não registramos nenhum tumulto, o tempo de atendimento caiu consideravelmente e conseguimos dar uma condição mais digna na espera pela licença. Antecipamos o atendimento, iniciando às 2h de ontem, para amenizar o tamanho da fila e evitar que eles ficassem mais tempo expostos ao sol. Fizemos o possível diante das necessidades dessas pessoas em garantir essa renda extra no Carnaval”, explicou.

Foram realizados 4.500 credenciamentos, divididos entre vendedores de bebidas, foodtruck, baiana de acarajé, carrinho de lanche, carro de gelo e isopor. Os permissionários ficarão instalados nos três circuitos oficiais da festa. O número de licenças foi ampliado graças a um estudo feito pela secretaria – ano passado foram 3,5 mil. O prazo para pagar o DAM (taxa que confirma a formalização da licença) foi estendido pela Semop para 72 horas, após demanda apresentada pelos ambulantes em conversas durante o credenciamento.

Parque Social – Uma parceria com o Parque Social, por meio do programa Agente de Empreendedorismo, também permitiu que os ambulantes fossem informados sobre o Crediamigo e encaminhados para obter acesso ao crédito. Pouco mais de 200 pessoas que estavam fazendo o credenciamento para trabalhar no Carnaval se interessaram e foram encaminhadas.

“A maioria desses empreendedores não tem recurso para fazer o negócio girar. Até para comprar mercadoria às vezes é complicado. Por isso, o crédito é importante e vem para possibilitar que esses trabalhadores consigam comprar mais mercadorias, justamente nesse momento do Carnaval, que é quando eles conseguem vender muito. Além de fazer o encaminhamento, nós também explicamos como funciona o programa de microcrédito e de que forma eles poderiam ter acesso”, disse Maiana Brandão, coordenadora do programa Agente de Empreendedorismo.


CONTEÚDO ALTERNATIVO CASO O VISITANTE NÃO TENHA O PLUGIN DE FLASH EM SEU COMPUTADOR (ESTE CONTEÚDO PODE APARECER TAMBÉM ENVOLVIDO POR UMA "DIV")


About Mathias Jaimes

Mathias Ariel Jaimes é CEO da TV Servidor / Axé Notícias. Formado em publicidade. Estou artes plásticas na Universidade Federal da Bahia. MBA em marketing e publicidade estratégica na Uninassau

Check Also

TV. Coronavírus. Prefeitura de Salvador inicia operação especial de higienização das ruas de Salvador

A Rua Direta do Uruguai, na Cidade Baixa, foi a primeira localidade a receber a ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.