Principal / Destaques / Guarda Civil Municipal conclui turma de operadores de drones

Guarda Civil Municipal conclui turma de operadores de drones

A Guarda Civil Municipal (GCM) promoveu, nesta semana, mais um curso de operação de drones para agentes do órgão. Desta vez, os guardas lotados no Grupamento de Rondas da Capital (Rondac) e do Grupamento Especial de Motociclistas (GEM) participaram da capacitação, que contou com dois dias de aulas teóricas, no Parque da Cidade, e um dia de aula prática, nesta quarta-feira (9), nas quadras da Boca do Rio.



O curso foi ministrado pelo GCM Fred Miranda e as aulas abordaram aplicações, regulamentação pertinente, planejamento e segurança de voo, diagrama da aeronave, procedimentos e ferramentas aplicadas a missões reais e aplicativo de voo: diagnóstico e especificações. Todo o curso foi realizado através da Gerência de Desenvolvimento Humano (Gedhu). Segundo Miranda, todos os agentes que passam pelo curso já podem iniciar as operações de forma segura, responsável, e com conhecimento nas operações em geral. Para o instrutor, foi perceptível a evolução das duas turmas após o contato inicial com o equipamento, no primeiro dia de aula.

“Inicialmente eles chegam com uma imagem do drone como um equipamento para fins recreativos, onde informações sobre o manuseio da plataforma já são suficientes. Mas, no decorrer das atividades, conseguimos passar o teor da responsabilidade e riscos no acesso ao espaço aéreo e as aplicações em suas atividades. No final, foi possível ver o amadurecimento da turma”.

Miranda explica que a tecnologia para segurança pública vai trazer uma nova perspectiva através do uso da aeronave. Com isso será possível planejar e executar de forma otimizada as operações, avaliando o material antes de cada intervenção.

“Com essa perspectiva, é possível empregar de forma correta a quantidade de efetivo a ser deslocada, além de verificar os pontos de abordagem e as rotas. A ferramenta não oferece só imagens aéreas, mas leva ao gestor uma visão diferenciada do local a ser vistoriado”.

Capacitação – A ementa foi mais específica para atuação do Rondac e GEM, no sentido de utilizar o conhecimento nas ações com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (Sedur), operações no trânsito e também em inspeções na orla de Salvador. “Nós focamos no planejamento das missões, falamos de geoprocessamento, sistemas de informações geográficas. Então, foi uma abordagem um pouco mais específica para operações em áreas de difícil acesso”, concluiu Miranda.

Para o inspetor geral GCM Marcelo Silva, a capacitação é mais que um objetivo do órgão, que está sempre em busca de se aperfeiçoar através da tecnologia e exigir menos do efetivo. “Uma câmera, um sistema de monitoramento como um drone diminui a necessidade de pessoas em determinadas atividades. Hoje, já temos o Gepa monitorando os parques de maneira geral”.

 

 

 



Sobre Mathias Jaimes

Mathias Ariel Jaimes ( DRT 5674 Ba ) , é CEO do site #TVServidor e sócio-proprietário da agência de comunicação interativa #TVS1 . Formado em publicidade na Argentina. Estudou artes plásticas na Universidade Federal da Bahia. MBA em marketing e comunicação estratégica na Uninassau. Aluno do professor Olavo de Carvalho, Curso Online de Filosofia, desde 2015.

Leia também!

Covid-19: Prefeitura inicia vacinação de pessoas com 49 anos ou mais e segue com mutirão da 2ª dose

A Prefeitura de Salvador, através da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), inicia a partir desta ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *