Home / Destaques / Guilherme Boulos, mascote de estimação do presidiário Lula

Guilherme Boulos, mascote de estimação do presidiário Lula

A missão do “candidato” do PSOL no debate da Band foi atacar o liberal Jair Bolsonaro. Não levou propostas, não comentou as diferentes pautas. Boulos representou o pior e hora e pouco de debate. A presença do “candidato” invasor de propriedades se limitou à tentativa de irritar Bolsonaro.

Boulos se apresentou cumprimentando um único brasileiro, o presidiário Lula. “Boa noite ao presidente Lula que está preso enquanto Temer está livre em Brasil. Quero mudar a esculhambação da política. A nossa primeira medida será revogar todas as medidas do Governo Temer”, disse.

O psolista, quem iniciou o debate atacando Bolsonaro, foi o único “participante” que não foi questionado pelos outros candidatos. Até o Cabo Daciolo falou mais que o mascote de estimação do criminoso Lula da Silva, preso em Curitiba.


CONTEÚDO ALTERNATIVO CASO O VISITANTE NÃO TENHA O PLUGIN DE FLASH EM SEU COMPUTADOR (ESTE CONTEÚDO PODE APARECER TAMBÉM ENVOLVIDO POR UMA "DIV")


About Mathias Jaimes

Mathias Ariel Jaimes é CEO da TV Servidor / Axé Notícias. Formado em publicidade. Estou artes plásticas na Universidade Federal da Bahia. MBA em marketing e publicidade estratégica na Uninassau

Check Also

Alexandre Aleluia participa de evento de alunos de direita da Ufba

O vereador Alexandre Aleluia vai participar de uma mesa de debates na Universidade Federal da ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.