Principal / Destaques / Habeas Corpus Coletivo garante direito de ir a vir desobrigando cidadão “de dar explicações” em Itabuna; iniciativa de Aleluia deve inspirar munícipes em todo o país

Habeas Corpus Coletivo garante direito de ir a vir desobrigando cidadão “de dar explicações” em Itabuna; iniciativa de Aleluia deve inspirar munícipes em todo o país

Iniciativa do vereador bolsonarista Alexandre Aleluia, o Habeas Corpus colitivo, vem surtindo efeito. No interior da Bahia, no município de Itabuna, uma das cidades onde o prefeito Fernando Gomes Oliveira decretou lockdown, um Habeas Corpus coletivo gerou uma liminar de salvo-conduto.

Na decisão, o juíz alertou sobre a ilegalidade e violações de direitos e garantias constitucionais dos cidadãos no “iminente risco ao direito de ir e vi, bem como prisão ilegal e de demais violações”.

Oartigo V, inciso II, da Constituição Federal desobriga o cidadão de prestar maiores explicações acerca das motivaçõesde seus deslocamentos, sendo vedada sua proibição.

Em redes sociais, o Aleluia arengou seguidores em todo o país a inverter o sistema e impetrar um Habeas Corpus em todo o país.

O modelo de Habeas Corpus Coletivo está disponível para download. “Cada baiano deve carregar a decisão no bolso”, recomenda Aleluia. “Sugiro que aqueles que se preocupam com a liberdade façam o mesmo. Ajuízem Habeas Corpus em todo o Brasil”, enalteceu.

BAIXE O MODELO DE HABEAS CORPUS AQUI

Sobre Mathias Jaimes

Mathias Ariel Jaimes ( DRT 5674 Ba ) , é CEO do site #TVServidor e sócio-proprietário da agência de comunicação interativa #TVS1 . Formado em publicidade na Argentina. Estudou artes plásticas na Universidade Federal da Bahia. MBA em marketing e comunicação estratégica na Uninassau. Aluno do professor Olavo de Carvalho, Curso Online de Filosofia, desde 2015.

Leia também!

Pagamento da 16ª parcela do benefício Salvador Por Todos começa hoje (28)

A Secretaria de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esportes e Lazer (Sempre) inicia, nesta quarta-feira ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *