Home / Destaques / Hacker e criminosos ligados a suposto vazamento de procuradores e ministro da Justiça devem ser presos, afirma site

Hacker e criminosos ligados a suposto vazamento de procuradores e ministro da Justiça devem ser presos, afirma site

Segundo matéria veiculada no site O Antangonista, criminosos ligados à suposta interceptação de mensagens entre procuradores e o então juiz federal Sério Moro, devem ser presos a qualquer momento pela Polícia Federal.

“Desde que supostas conversas entre os procuradores da Lava Jato e o ex-juiz Sergio Moro começaram a ser publicadas no site The Intercept e em veículos parceiros do site, comparações com os hackers Julian Assange, Edward Snowden e Chelsea Manning foram ventiladas para tentar legitimar ou dignificar os atos criminosos cometidos no Brasil. A ideia subjacente é a de que, ao roubar mensagens privadas e publicá-las, os envolvidos na ação brasileira estariam seguindo a trilha dos que revelaram dados secretos do governo americano em nome da transparência e do combate ao abuso de autoridade. Se este é o caso, então o destino dos hackers estrangeiros deveria servir de aviso. Após desafiar o sistema de Justiça dos Estados Unidos e da Inglaterra, Assange, Chelsea e Snowden levaram a pior. Os dois primeiros estão presos. Snowden só não teve a mesma sorte porque se exilou na Rússia”, diz a matéria.

A Polícia Federal tem no seu foco bandidos virtuais, cúmplices e financiadores de atividades criminosas graves que atentem contra a segurança nacional.


CONTEÚDO ALTERNATIVO CASO O VISITANTE NÃO TENHA O PLUGIN DE FLASH EM SEU COMPUTADOR (ESTE CONTEÚDO PODE APARECER TAMBÉM ENVOLVIDO POR UMA "DIV")


About Mathias Jaimes

Mathias Ariel Jaimes é CEO da TV Servidor / Axé Notícias. Formado em publicidade. Estou artes plásticas na Universidade Federal da Bahia. MBA em marketing e publicidade estratégica na Uninassau

Check Also

Festa da Conceição da Praia terá esquema especial de serviços municipais

A Prefeitura montou um esquema especial de serviços em atendimento aos devotos e apreciadores da ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.