Principal / Destaques / Imagens aéreas demonstram devastação ambiental da CCR Metrô a mando de Rui Costa no aeroporto

Imagens aéreas demonstram devastação ambiental da CCR Metrô a mando de Rui Costa no aeroporto

Imagens aéreas feitas pela Prefeitura de Salvador, através da Secretaria de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), revelam que cerca de 11,2 mil metros quadrados de bambuzal e outros tipos de vegetação foram suprimidos, de forma irregular, na região do Aeroporto Internacional Deputado Luís Eduardo Magalhães, em função das obras da CCR Metrô. Nesta quinta-feira (25) pela manhã, em entrevista a jornalistas durante a inauguração da Unidade de Saúde da Família (USF) Recanto da Lagoa II, no bairro da Fazenda Coutos, o prefeito ACM Neto condenou a ação da CCR, que já foi multada pela Sedur em valores que ainda estão sendo definidos e teve as obras no local embargadas.

“A fotografia é contundente. Foi cometida uma agressão terrível contra um patrimônio natural e um cartão postal de nossa cidade. É uma coisa que choca. A obra lá está interditada. A CCR terá que pagar uma multa e solicitar da Prefeitura o licenciamento, além de fazer uma proposta de recomposição do bambuzal”, revelou ACM Neto. Ele disse ainda que a Sedur tomou uma decisão com fundamenta técnico, como revelam as fotografias, e não político. “O secretário (Sérgio Guanabara) me comunicou e disse que não havia, do ponto de vista técnico, como não embargar (a obra). De modo que não houve interferência política”, complementou.

Sobre Mathias Jaimes

Mathias Ariel Jaimes ( DRT 5674 Ba ) , é CEO do site #TVServidor e sócio-proprietário da agência de comunicação interativa #TVS1 . Formado em publicidade na Argentina. Estudou artes plásticas na Universidade Federal da Bahia. MBA em marketing e comunicação estratégica na Uninassau. Aluno do professor Olavo de Carvalho, Curso Online de Filosofia, desde 2015.

Leia também!

Piadinha racista do petista Jaques Wagner

O petista Jaques Wagner fez um comentário extremamente preconceituoso sobre a chapa formada por Major ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *