Principal / Destaques / Infectologista dá dicas para cuidar dos olhos durante a pandemia do Vírus Chinês

Infectologista dá dicas para cuidar dos olhos durante a pandemia do Vírus Chinês

SECOM Prefeitura de Salvador

Por ser uma mucosa, o olho também pode servir de porta de entrada para o coronavírus. Por isso, é preciso ficar atento às recomendações dos profissionais de saúde em relação aos cuidados para evitar a infecção. Segundo a infectologista Adielma Nizarala, que atua pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), é preciso que as pessoas se preocupem com a correta higienização das mãos.

“A mucosa do olho pode absorver vírus e bactérias pelo contato. Com a Covid-19, por exemplo, se você toca a mão de outra pessoa ou uma superfície contaminada e leva essa mão ao olho para coçar, assim como ocorre com a boca e o nariz, você poderá acarrear o vírus para o seu organismo”, explica.

Diante desse risco, a principal orientação da especialista é não coçar ou passar a mão suja no olho. E, para quem usa lente de contato, a atenção deve ser ainda maior, pois as mãos devem estar corretamente higienizadas ao tirar e colocar o utensílio. “Se, ao usar a lente, a pessoa perceber que houve alguma inflamação, ela deve retirará-la e procurar um oftalmologista”, afirma Adielma. Além dessas recomendações, a infectologista lembra que nenhuma substância deve ser utilizada nos olhos ou na lente de contato sem a devida recomendação de um especialista.

Óculos – A infecção por meio dos óculos não ocorre de forma direta, mas novamente pela manipulação do objeto com as mãos. Os óculos, então, devem ser higienizados com água e sabão neutro e, em seguida, é preciso secá-los com um lenço de papel macio. Oftalmologistas recomendam não esfregar o papel ao secar, apenas apertar suavemente na superfície molhada até enxugar e, se o lenço usado for de tecido, ele precisa ser lavado também após o uso. É comum também que as lentes dos óculos fiquem embaçadas com o uso da máscara. Isso ocorre, segundo a Adielma, devido ao contato do ar quente que sai da boca com o ar frio que está na região dos olhos. A dica para evitar esse processo é prender a ponta da máscara ao nariz com uma fita micropore ou com um arame embutido na máscara. Para prender, as mãos precisam estar limpas para evitar a infecção.

Lavagem correta das mãos – O hábito de lavar as mãos, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), pode reduzir em até 40% a contaminação por vírus e bactérias que causam doenças como gripes, resfriados, conjuntivites e demais viroses. Para lavar as mãos corretamente, é preciso primeiro umedecê-las, e em seguida passar uma quantidade de sabão na palma que seja suficiente para cobrir toda a superfície. Quem usa anel, deve retirá-lo antes. Após ensaboar toda a palma da mão, esfregando uma na outra com movimentos de vai e vem, é preciso atenção também às costas das mãos, os punhos, o espaço entre os dedos e o polegar.

A região das unhas também deve ser lavada, esfregando as pontas dos dedos na palma da outra mão com movimentos circulares. O procedimento total da lavagem, incluindo o ato de esfregar e de enxágue, deve durar cerca de 50 segundos. Se a torneira não for automática, é recomendado usar uma toalha de papel para fechá-la ou lavar também a torneira. O álcool em gel pode ser uma alternativa para a limpeza quando não houver outros meios à disposição.

Sobre Mathias Jaimes

Mathias Ariel Jaimes ( DRT 5674 Ba ) , é CEO do site #TVServidor e sócio-proprietário da agência de comunicação interativa #TVS1 . Formado em publicidade na Argentina. Estudou artes plásticas na Universidade Federal da Bahia. MBA em marketing e comunicação estratégica na Uninassau. Aluno do professor Olavo de Carvalho, Curso Online de Filosofia, desde 2015.

Leia também!

“Vamos fazer Salvador dar voos mais altos”, diz Bruno Reis em evento do Patriota

O candidato do Democratas à Prefeitura de Salvador, Bruno Reis, afirmou neste sábado (26) que ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *