Home / Destaques / Ireuda preside primeira reunião da Comissão da Mulher

Ireuda preside primeira reunião da Comissão da Mulher

Na primeira reunião como presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher, no início da tarde desta terça-feira (12), a vereadora Ireuda Silva (PRB) falou sobre a importância do colegiado para a luta pela igualdade de gênero e pelo empoderamento das mulheres. Este, inclusive, será o tema da sessão regimental pela passagem do Dia da Mulher, 8 de março, que será promovida em data ainda a ser agendada em função da proximidade com o Carnaval. As vereadoras aprovaram a apresentação em plenário de Moção de Repúdio às declarações consideradas machistas do presidente do PSL, Luciano Bivar. Em entrevista ao jornal Folha de São Paulo, ele se colocou contra a destinação de 30% do fundo partidário para candidaturas femininas, com o argumento de que “política não é muito da mulher”.

Na moção a Comissão da Mulher deixa claro que “o fundo partidário tem por meta estabelecer condições mínimas de eleição dos candidatos do partido, cabendo a todo e qualquer partido garantir a igualdade de gênero nas eleições”. Segundo dados apresentados no documento para embasar a necessidade de incentivar a participação feminina na política, pouco mais de 10% dos deputados federais são mulheres: “Ocupamos o 154º lugar entre 193 países no ranking elaborado pela associação Inter-Parliamentary Union, à frente apenas de alguns países árabes, do oriente Médio e de ilhas polinésias”.

Carnaval – As vereadoras Ireuda, Aladilce Souza (PCdoB), Marta Rodrigues (PT) e Ana Rita Tavares (PMB) definiram também agendar uma reunião com a presença de representantes das secretarias do Município e do Estado relacionadas às questões que envolvem o público feminino, incluindo a Ronda Maria da Penha (PM-BA). A ideia é instalar no Carnaval, reforçando a iniciativa do ano passado, um módulo para atendimento a mulheres vítimas de agressão e para registros de denúncias de violação à Lei Antibaixaria.

A vereadora Ana Rita Tavares sugeriu a realização de audiência pública do colegiado para discutir a situação das protetoras de animais, vítimas constantes de agressões. “Não existe política pública para o controle populacional desses animais que vivem nas ruas e essas mulheres abnegadas fazem o papel do poder público”, justificou. Ela propôs, também, uma moção de desagravo à estivadora Ivete Costa, que também e protetora de animais, “pela discriminação que vem sofrendo por parte do Sindicato dos Estivadores”. Ficou acertado que ela será convidada a participar de uma reunião da Comissão da Mulher para expor sua versão.

Na abertura da reunião Ireuda Silva homenageou com flores a colega Aladilce Souza pela condução do colegiado no biênio anterior. Emocionada, a ex-presidente agradeceu pela generosidade e se dispôs a ajudar no que for preciso.


CONTEÚDO ALTERNATIVO CASO O VISITANTE NÃO TENHA O PLUGIN DE FLASH EM SEU COMPUTADOR (ESTE CONTEÚDO PODE APARECER TAMBÉM ENVOLVIDO POR UMA "DIV")


About Mathias Jaimes

Mathias Ariel Jaimes é CEO da TV Servidor / Axé Notícias. Formado em publicidade. Estou artes plásticas na Universidade Federal da Bahia. MBA em marketing e publicidade estratégica na Uninassau

Check Also

Festival da Primavera terá apresentação de kart neste domingo (22)

Quem gosta de adrenalina e diversão vai poder conferir uma exibição de kart neste domingo ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.