Home / Destaques / Ireuda Silva pede intensificação no combate ao racismo

Ireuda Silva pede intensificação no combate ao racismo

No mês da Consciência Negra, a vereadora Ireuda Silva (PRB), vice-presidente da Comissão da Reparação da Câmara de Salvador, pede que o poder público intensifique e se articule em prol do combate ao racismo. A parlamentar lembra que o aumento dos casos de discriminação e de assassinato de jovens negros no Brasil compõem um cenário alarmante. “Segundo o Atlas da Violência 2018, com base em dados do Ministério da Saúde, entre 2006 e 2016, a taxa de homicídios de indivíduos negros cresceu 23,1%. Por outro lado, a taxa entre indivíduos não negros caiu 6,8%”, pontua a vereadora. “Isso mostra que a luta está longe de chegar ao fim. Além da violência, sabemos que as condições e ofertas de trabalho e renda ainda são extremamente desiguais. E isso se deve, em grande medida, ao fato de que a parcela negra da sociedade é também a mais pobre e com menos acesso à educação de qualidade”, acrescenta Ireuda.

Desde o início do seu mandato, a vereadora apresentou uma série de projetos relacionados ao tema, entre os quais está a indicação ao governador Rui Costa para implantar uma Delegacia Especializada no Combate a Crimes Raciais e aos Delitos de Intolerância Religiosa. Há também dois projetos de indicação ao presidente da República, Michel Temer, que sugerem o aumento das penas por injúria racial e racismo.


CONTEÚDO ALTERNATIVO CASO O VISITANTE NÃO TENHA O PLUGIN DE FLASH EM SEU COMPUTADOR (ESTE CONTEÚDO PODE APARECER TAMBÉM ENVOLVIDO POR UMA "DIV")


About Mathias Jaimes

Mathias Ariel Jaimes é CEO da TV Servidor / Axé Notícias. Formado em publicidade. Estou artes plásticas na Universidade Federal da Bahia. MBA em marketing e publicidade estratégica na Uninassau

Check Also

Olodum realiza mais um ensaio de carnaval neste domingo (27)

Como diz um trecho da música Alegria Geral ”Pelourinho se transforma em carnaval. Nesse momento ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.