Home / Economia / Juiz do DF decide suspender decreto que aumentou tributos sobre combustíveis

Juiz do DF decide suspender decreto que aumentou tributos sobre combustíveis

Crédito: Marcelo Brandt/G1/Arquivo

O juiz substituto da 20ª Vara Federal de Brasília, Renato Borelli, determinou nesta terça-feira (25), a suspensão imediata do decreto publicado pelo governo federal que elevou a alíquota de PIS/Cofins que incide nos combustíveis, como gasolina, diesel e etanol.

A decisão liminar, que determina o retorno dos preços dos combustíveis antes do reajuste da última sexta (21), atendeu a um pedido feito por meio de uma ação popular movida pelo advogado Carlos Alexandre Klomfahs. Como a medida é provisória, o governo de Michel Temer ainda pode recorrer.

De forma técnica, a decisão passa a valer quando o governo for notificado. A Advocacia-Geral da União (AGU) informou que vai recorrer da decisão, mas não informado o prazo para fazer isso.

Na decisão, Borelli afirmou que a elevação das contribuições deveria ter sido feita por lei e não por decreto, como foi feito pelo Planalto.

De acordo com o governo, a tributação sobre a gasolina subiu R$ 0,41 por litro. Na prática para os consumidores, no entanto, o preço de gasolina nos postos de Salvador teve um aumento de até R$ 0,64.

Fonte: Estadão Conteúdo

 


CONTEÚDO ALTERNATIVO CASO O VISITANTE NÃO TENHA O PLUGIN DE FLASH EM SEU COMPUTADOR (ESTE CONTEÚDO PODE APARECER TAMBÉM ENVOLVIDO POR UMA "DIV")


About Rafael Santana

Rafael Bonfim Santana é jornalista com experiência em diversos sites e jornais da Bahia com foco em pautas políticas regionais

Check Also

Sapeaçu: Prefeito copia LDO de outra cidade e manda para Câmara de município baiano

O prefeito de Sapeaçu, George Góis, mandou para a Câmara Municipal da cidade a Lei ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.