Home / Cultura / Na Rédea Curta lança nova temporada no Youtube e anuncia filme para 2020

Na Rédea Curta lança nova temporada no Youtube e anuncia filme para 2020

Divulgação

Os personagens mais queridos da web baiana, Junior (Thiago Almasy) e Mainha (Sulivã Bispo), anunciam nova temporada de vídeos no canal Na Rédea Curta no Youtube e aproveitam para divulgar uma super novidade. A websérie vai virar filme, com início das gravações em 2020 e previsão de chegada à telona no primeiro semestre de 2021. Contemplado no edital de Produção para Cinema 2018 – Modalidade B da ANCINE e Fundo Setorial do Audiovisual, o longa metragem se aprofunda na história dos personagens e expande o núcleo familiar de Junior e Mainha.

Até chegar na tela grande, a dupla continua se dedicando ao sucesso do canal na web. Com um pouco mais de um ano de lançado, o Na Rédea Curta no Youtube encerra o ano de cara nova, todo repaginado e cheio de surpresas. Após breve pausa por conta de viagens, temporadas do espetáculo teatral e outros trabalhos paralelos da dupla, os episódios semanais voltam com força total e cheio de histórias inéditas a partir do dia 31,quinta-feira, 20h.

“Estamos focando mais no aspecto sitcom, explorando os personagens secundários (Meire, Bisteca e Keylane), o núcleo dos amigos de Júnior (Natiele, Hulk Mirim e Alexsandro) e trazendo novos personagens para história. Teremos também episódios temáticos como Halloween, musical e inspiração em comédias românticas”, conta Thiago Almasy, que assina a direção da websérie. Essa temporada corrobora com o desejo de que o Na Rédea Curta seja uma plataforma de lançamento de artistas, assim como foi com os protagonistas.

O sucesso dos vídeos levou o projeto a receber quatro indicações no Rio Web Fest, maior festival de webséries da América Latina, que acontece entre os dias 15 e 18 de novembro. Os meninos estão indicados como “Melhor Série Brasileira”, “Melhor Série de Comédia”, “Melhor Ator de Comédia” com Sulivã Bispo e “Melhor Direção de Comédia” com Thiago Almasy. Junior e Mainha também estão concorrendo no voto popular.

“Essas indicações nos deixaram muito felizes, principalmente por entender que a força da viralização dos vídeos vem do reconhecimento do público. Eles acreditam nesse projeto para além de uma gargalhada, mas por ser um humor que valoriza a nossa história, com representatividade e falando bem da nossa gente”, comemora Sulivã.

O Filme – Se 2019 foi um excelente ano de reconhecimento e visibilidade para Thiago e Sulivã, 2020 promete ser ainda melhor. É que a dupla vai sair das telinhas dos computadores e smartphones para invadir as telonas dos cinemas com Na Rédea Curta.“O nascimento desse roteiro, escrito a muitas mãos, foi num contexto de pura afetividade. Passamos uma semana juntos (atores e diretores), contando histórias, rindo, conhecendo um ao outro melhor e afinando ainda mais a potência dessas ancestralidades que se encontraram”, revela Sulivã.

O longa se aprofunda na história dos personagens e expande o núcleo familiar de Junior e Mainha. Da periferia de Salvador, criado apenas pela mãe, Junior, aos 20 anos, descobre que vai ser pai e decide, a partir disso, ir atrás de seu pai. As aventuras dos dois são repletas de confusões, como sempre. “Durante a série Mainha se mostra muito forte, mas fica clara a fragilidade dela diante dessa paternidade ausente. No filme, queremos falar dessa relação com muita graça, mas o que vai acontecer ainda é segredo trancado a sete chaves! Será que ele aparece? Será que vamos descobrir de verdade quem é ele? Quem será esse pai de Junior?”, conta, cheio de mistério, Sulivã.

Dirigido por Ary Rosa e Glenda Nicácio, da Rosza Filmes,diretores do “Café com Canela” e “Ilha”, a produção do filme será totalmente realizada no estado da Bahia, sendo que a maior parte se desenvolverá no interior, nas cidades de Muritiba, Cachoeira e São Félix, cerca de 115km da capital baiana. “Isso impulsiona a região, possibilitando seu fortalecimento social e econômico, além de potencializar a criação de novos olhares construídos a partir de narrativas e personagens fora do eixo, valorizando a democratização da produção audiovisual”, defendem os diretores. “Trata-se de um filme popular tanto por seus personagens cativantes quanto pela abordagem de questões universais em torno das relações familiares, vista aqui pelo ponto de vista regional de uma Bahia marcada pela tradição matriarcal”, completam.

Para Thiago, o resultado do filme dará viabilidade para as produções feitas na Bahia, levando para o cinema comercial o trabalho que já é reconhecido no cenário independente. “Existe um movimento cultural muito recente e poderoso na Bahia de poéticas ganhando força e se unindo. Foi nesse caminho que o cinema independente, feito no Recôncavo da Bahia por Glenda e Ary, se cruzou com o audiovisual independente, produzido na periferia de Salvador por nós”, conta Thiago. A pré-produção do longa terá início ainda este ano e, no início de 2020, a equipe abrirá seleção pública para o elenco com o objetivo de dar espaço e visibilidade para novos atores baianos. Já as gravações estão previstas para março do ano que vem e o lançamento para o primeiro semestre de 2021.


CONTEÚDO ALTERNATIVO CASO O VISITANTE NÃO TENHA O PLUGIN DE FLASH EM SEU COMPUTADOR (ESTE CONTEÚDO PODE APARECER TAMBÉM ENVOLVIDO POR UMA "DIV")


About Mathias Jaimes

Mathias Ariel Jaimes é CEO da TV Servidor / Axé Notícias. Formado em publicidade. Estou artes plásticas na Universidade Federal da Bahia. MBA em marketing e publicidade estratégica na Uninassau

Check Also

Marcha para Jesus promete reunir milhares de pessoas em Salvador neste sábado (9)

A 22ª edição da Marcha para Jesus promete reunir milhares de fiéis nas ruas de ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.