Principal / Destaques / Neto e Rui trocam farpas sobre Centro de Convenções

Neto e Rui trocam farpas sobre Centro de Convenções

Foto: Montagem/Reprodução/Site Brasil 247

Apesar de apenas o governador Rui Costa (PT) ser candidato nas eleições deste ano, o petista e o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), voltaram a ser protagonistas de um confronto ontem. Tudo começou após o postulante à reeleição ser instado a comentar uma declaração do democrata. No início deste mês, durante ordem de serviço para a construção do Centro de Convenções municipal, ACM Neto afirmou que o petista estava com “dor de cotovelo” pela obra da prefeitura. Rui Costa rebateu com o argumento de que o adversário deveria colocar “o interesse político e partidário de lado e as vaidades pessoais para priorizar a população”. Além disso, revelou que “combinou” com o prefeito a construção de apenas um complexo no bairro do Comércio.

Segundo Rui Costa, o acordo foi fechado em reuniões com a presença do gestor soteropolitano no Palácio de Ondina. “Ele se ofereceu para me ajudar e agilizar a área. Estava tudo certo e combinado com o município que a área era prioritária. […] De repente, eu vejo o anúncio de que o município ia construir um Centro de Convenções. [Não recebi] sequer um telefonema para conversar sobre isso. Eu não sei agir assim”, declarou, em entrevista à rádio Metrópole.

Neto reagiu à fala do petista com duros ataques. Disse que o governador deu uma declaração “injusta, mentirosa e invejosa”. “Ele teve a cara de pau, [ante] ontem, de dizer que me chamou para tratar do Centro de Convenções. Ele teve coragem de dizer isso. Eu assim, como todos os baianos, assistimos a uma novela do Centro de Convenções [do Estado]. Eu imagino que ele se morde de inveja toda vez que passa na orla e vê que as obras de construção do Centro de Convenções já começaram”, afirmou, em discurso durante o lançamento de um programa de microcrédito para empreendedores.

ACM Neto acusou, ainda, o governador de querer “transferir incompetências”. “Deixe de ser invejoso, governador. Não queira transferir as suas deficiências, incompetências, a desqualificação de seu governo, a falta de criatividade, a sua falta de capacidade de mostrar ao Brasil que aqui na Bahia pode ter coisas pioneiras. É muita dor de cotovelo do governador. Não é porque você é oposição que tem criticar tudo que seu adversário está fazendo. Às vezes, tem coisas boas que seus adversários fazem que tem que elogiar e reconhecer”, pontuou.

Informações da Tribuna da Bahia On Line

 

Sobre Rafael Santana

Rafael Bonfim Santana é jornalista com experiência em diversos sites e jornais da Bahia com foco em pautas políticas regionais

Leia também!

Polícia Militar prende quinteto que confrontou guarnições em São Caetano

Cinco criminosos que entraram em confronto com guarnições das Rondas Especiais (Rondesp) Baía de Todos ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *