Home / Destaques / Neto vira reforço para emplacar candidatura de Alckmin na Bahia; presidenciável tucano fará campanha no Estado no dia 21

Neto vira reforço para emplacar candidatura de Alckmin na Bahia; presidenciável tucano fará campanha no Estado no dia 21

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), confirmou nesta quinta-feira (13) que o candidato a presidente da República pelo PSDB, Geraldo Alckmin, deve desembarcar na Bahia no próximo dia 21. Na sexta-feira (21) da próxima semana, Alckmin passa por Salvador para uma caminhada da Praça Castro Alves até o Pelourinho, onde haverá um comício. O presidenciável deve também visitar outras cidades do estado. “Estamos fechando detalhes. É bem provável sim que ele esteja em Salvador no dia 21. Faremos um ato público, um ato político, de campanha. Deverá visitar, além de Salvador, outra cidade na Bahia. Nós estamos avaliando qual será. Fechando até amanhã”, afirmou durante entrega da nova Unidade de Saúde da Família (USF) de Plataforma.

Neto disse também que o tucano tem um “plano específico traçado para o Nordeste”. “Ele estará essa semana no Rio Grande do Norte, na próxima vem para Bahia, depois vai para Pernambuco”, pontuou.

Presidente nacional do DEM, ACM Neto pediu aos aliados que intensifiquem campanha ao presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB) na Bahia. O estado, quarto maior colégio eleitoral do país, é considerado um reduto petista e garantiu nos últimos pleitos vitórias expressivas aos candidatos do partido.

Segundo relataram aliados de ACM Neto a VEJA, candidatos a deputado federal ou estadual — ou da própria chapa majoritária, exceto Jutahy Magalhães, que disputa o Senado — temem perder votos com a exposição associada ao tucano. Por isso a cobrança é direcionada apenas às lideranças políticas que não concorrem a nenhum cargo este ano. A avaliação é que eles não teriam motivos para não se expor. No grupo do presidente nacional do DEM, há também um temor de um eventual segundo turno entre Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT). Até em cidades baianas que garantiram vitorias tucanas nas últimas eleições, há um receio de fracasso neste pleito. É o caso de Vitória da Conquista, onde José Serra e Aécio Neves venceram em 2010 e 2014, respectivamente. A gestão “desastrosa” do prefeito da cidade, Hérzem Gusmão (MDB), pode prejudicar Alckmin, segundo interlocutores do prefeito da capital baiana.

Informações do Bahia Notícias e Veja On Line

 


CONTEÚDO ALTERNATIVO CASO O VISITANTE NÃO TENHA O PLUGIN DE FLASH EM SEU COMPUTADOR (ESTE CONTEÚDO PODE APARECER TAMBÉM ENVOLVIDO POR UMA "DIV")


About Rafael Santana

Rafael Bonfim Santana é jornalista com experiência em diversos sites e jornais da Bahia

Check Also

Jair Bolsonaro apoia José Ronaldo, diz Magno Malta

O senador capixaba Magno Malta (PR) disse, ontem (17), que o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.