Principal / Destaques / Novo Cras Itapagipe dobrará capacidade de atendimento para 800 pessoas/mês

Novo Cras Itapagipe dobrará capacidade de atendimento para 800 pessoas/mês

Max Haack SECOM

Os cidadãos e famílias que necessitam de orientação e auxílio social, principalmente nesse período de pandemia provocada pela Covid-19, ganham mais um local de apoio municipal com a nova sede do Centro de Referência e Assistência Social (Cras) Itapagipe, localizada na Rua Monsenhor Basílio Pereira, no bairro de Roma. A entrega do espaço, mais amplo, de fácil acesso e com equipe completa de profissionais, ocorreu nesta terça-feira (19) com as presenças do prefeito ACM Neto e da secretária de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre), Ana Paula Matos.

Max Haack SECOM

Com a nova estrutura, a capacidade de atendimento deverá dobrar de 400 para 800 pessoas por mês, residentes na região de alcance do serviço. Neste período de isolamento social, o funcionamento acontece em esquema especial de plantão, de segunda a sexta-feira, das 9h às 15h.

O prefeito ressaltou que a nova unidade Itapagipe faz parte do processo de requalificação dos Centros de Referência e Assistência Social existentes em Salvador, previsto no planejamento estratégico da Prefeitura e iniciado antes da pandemia. “Os Cras são a primeira porta na qual as famílias batem para ter algum apoio. E aqui a melhoria não é apenas na estrutura física, mas também nas equipes, que são plenamente consistidas para oferecer o melhor atendimento”, afirmou ACM Neto.

“Essa é uma oportunidade de ampliar os nossos serviços. Aqui é a porta de entrada para os benefícios eventuais, como os auxílios natalidade e funeral, Cadastro Único, oficinas como as de educação financeira e mosaico, dentre outros. Também aproveitamos para fazer um referenciamento do assistido, conhecer a família e dar todo o apoio de assistência social para ele”, explicou Ana Paula.

De acordo com a diretora de Proteção Social Básica da Sempre, Emanuele Rodovalho, a pandemia também provocou a demanda de um novo tipo de público aos Cras: o da classe média, formada principalmente por autônomos. “São aquelas pessoas que tinham renda própria, uma vida estruturada e que, devido à situação causada pelo novo coronavírus, estão em situação de dificuldade. A essas pessoas também procuramos dar assistência, com ajuda inclusive de nossa rede de entidades parceiras”, salientou.

Conceito – Os Cras são unidades públicas que atuam com famílias e indivíduos em seu contexto comunitário, visando a orientação e fortalecimento do convívio sociofamiliar. Atende famílias que, em decorrência da pobreza, estão vulneráveis, privadas de renda e do acesso a serviços públicos, com vínculos afetivos frágeis, discriminadas por questões de gênero, idade, etnia, deficiência entre outras. Entre os serviços oferecidos estão o cadastramento e a atualização do Cadastro Único para programas sociais do governo federal, educação financeira, orientação jurídica, entre outros.

Sobre Mathias Jaimes

Mathias Ariel Jaimes ( DRT 5674 Ba ) , é CEO do site #TVServidor e sócio-proprietário da agência de comunicação interativa #TVS1 . Formado em publicidade na Argentina. Estudou artes plásticas na Universidade Federal da Bahia. MBA em marketing e comunicação estratégica na Uninassau. Aluno do professor Olavo de Carvalho, Curso Online de Filosofia, desde 2015.

Leia também!

Centro de Convenções retoma atividades com programação até dezembro

Com oito eventos agendados até dezembro, o Centro de Convenções de Salvador (CCS), situado na ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *