Principal / Municípios / Obras avançam para construção do Centro Comunitário Mãe Carmen do Gantois

Obras avançam para construção do Centro Comunitário Mãe Carmen do Gantois

Crédito: Bruno Concha/Secom/PMS

Com obras iniciadas em março, as intervenções para a construção do Centro Comunitário Mãe Carmen do Gantois, localizado no Terreiro do Gantois, na Federação, já estão 38% concluídas. De acordo com a Secretaria de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), responsável pela edificação do local, a fundação e a estrutura foram concluídas, contenções e alvenaria estão com 90% de avanço. Além disso, as aplicações do chapisco interno e da massa foram inciadas.

O centro comunitário, que leva o mesmo nome da ialorixá do templo religioso, foi projetado pela Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF). O espaço terá um salão com capacidade para 50 pessoas no primeiro andar, sala para cursos e um consultório médico. Faz parte também do projeto uma sala para percussão e leitura. Serão implantados ainda sistema elétrico, telefônico, de esgoto e águas pluviais, equipamentos de segurança contra incêndio e paisagismo.

Crédito: Bruno Concha/Secom/PMS

Com a construção do centro, a Prefeitura espera criar um espaço em condições de abrigar a prática de atividades coletivas em harmonia com os trabalhos já desenvolvidos. Ao todo, 70% das ações do terreiro são voltadas para a comunidade, a exemplo do treino de capoeira, distribuição de 300 cestas básicas por mês e aulas sobre a musicalidade do candomblé. A expectativa da Prefeitura é que as obras sejam concluídas em seis meses.

História – O Terreiro do Gantois é considerado área de proteção cultural e paisagística pela Prefeitura desde 1985 e tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) desde 2002. O nome oficial é Ilé Íyá Omi Àse Ìyamase, mas é conhecido popularmente como Gantois. A casa sagrada foi fundada em 1849 pela africana Maria Júlia da Conceição Nazareth, constituindo-se num notável santuário que mantém os costumes e os legados milenares dos povos Iorubá (Abeokutá).

Fonte: Secom/PMS

Sobre Rafael Santana

Rafael Bonfim Santana é jornalista com experiência em diversos sites e jornais da Bahia com foco em pautas políticas regionais

Leia também!

Itaparica apresenta encantos do primeiro destino do Brasil na Abav

Quem conhece a cidade de Itaparica sabe o potencial que a região tem. Destinos como ...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *