Principal / Destaques / Para Neto, Habeas Corpus coletivo não passa de criação de factoide: “ninguém está aqui para brincar”

Para Neto, Habeas Corpus coletivo não passa de criação de factoide: “ninguém está aqui para brincar”

Max Haack SECOM

Habeas Corpus preventivo e coletivo – Ajuizado pelo vereador bolsonaristas Alexandre Aleluia, atualmente sendo decidido no Supremo, o Habeas Corpus coletivo “não passa de factoide”, disse ACM Neto.

“Confio na Procuradoria do Município assim como confio no Poder Judiciário da Bahia. Tudo isso é jogo de cena mesmo sabendo que todo mundo pode procurar a Justiça. O Supremo decidiu por unanimidade. É querer criar factoide. Não tenho ideia dessa ação. Hoje o Supremo é um dos pilares da democracia e respeito às Instituições que decidiram que Prefeituras e Governos estão a frente. Ninguém está aqui para brincar. Todo mundo está prejudicado, inclusive eu como pessoa física. Vamos fazer o quê? Liberar tudo e virar genocídio na cidade. Não serei conivente com atitudes dessas. Não vou aceitar instalar um genocídio na capital. Vou continuar defendendo a vida das pessoas”, criticou.

Sobre Mathias Jaimes

Mathias Ariel Jaimes ( DRT 5674 Ba ) , é CEO do site #TVServidor e sócio-proprietário da agência de comunicação interativa #TVS1 . Formado em publicidade na Argentina. Estudou artes plásticas na Universidade Federal da Bahia. MBA em marketing e comunicação estratégica na Uninassau. Aluno do professor Olavo de Carvalho, Curso Online de Filosofia, desde 2015.

Leia também!

Confiança do empresário industrial cresce pelo quinto mês consecutivo

Depois de chegar ao pior patamar da série histórica, em abril de 2020, o Índice ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *