fbpx
Principal / Breaking News / Período das festas juninas requer cautela com animais

Período das festas juninas requer cautela com animais

O clima de São João já está no ar e, nesta época, os fogos de artifício, as bombas e as fogueiras se tornam protagonistas dos festejos. Mas para que a festa não perca o brilho, é preciso ter cuidado com os animais, para que os acidentes sejam evitados. 

O momento, que é de diversão para as pessoas, têm consequências adversas para os bichos, devido ao barulho e aos clarões. Um dos sintomas comuns é a taquicardia, potencializada devido ao fato de que a audição dos pets é quatro vezes mais aguçada que a dos humanos. A depender da intensidade, pode causar até o falecimento do animal, especialmente os cães de pequeno porte.



De acordo com Fabrício Porto, médico veterinário da Diretoria de Promoção à Saúde e Proteção Animal (Dipa) da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), tanto este período quanto o fim de ano são estressantes para os companheiros de estimação. “O recomendável é diminuir os passeios e usar sempre as guias (coleiras), porque eles podem se assustar e acontecer algum acidente grave”, declarou. Ele exemplificou que bombas com estrondo alto podem fazer com que os animais se soltem da guia e se escondam embaixo do carro e o tutor, sem perceber, dar a partida e causar um atropelamento.

Além disso, os explosivos podem provocar um outro problema. “Os cães pensam que é algum outro animal que foi lutar pelo território, e acabam abocanhando a bomba. Por isso, é sempre bom prendê-los ou evitar locais onde tenham esse comportamento de avançar em direção ao objeto”, destacou o veterinário.

O profissional lembrou que essa é uma época na qual muitas pessoas não respeitam o espaço alheio e não há legislação que impeça que soltem fogos. “Por isso, para evitar bombas de alto potencial que são um temor enorme para os animais, o que podemos fazer é ter cautela, para que todos possam aproveitar os festejos com tranquilidade”, finalizou Porto.



 



 



 

 

 

 

Sobre Clara

Estudante de Letras, Clara Paixão auxiliou diversos autores conservadores em Recife e Carpina (PE). Amante da Liberdade, Clara entende que são preceitos básicos: direito irrestrito ao projeto de vida do próximo, direito à propriedade privada e livre mercado.

Leia também!

Soteropolitanos festejam a chegada do Fogo Simbólico a Pirajá

As celebrações pela Independência do Brasil na Bahia tiveram início na capital baiana na tarde ...