Principal / Destaques / Perseguida pelo partido, Tabata Amaral pede “justa causa” para abandonar o PDT

Perseguida pelo partido, Tabata Amaral pede “justa causa” para abandonar o PDT

Agência Câmara

Deputada Federal pelo PDT, Tabata Amaral solicitou que o Tribunal Superior Eleitoral reconheça a sua “justa causa” para abandonar a sigla. A parlamentar disse estar sendo discriminada pelo partido, que a suspendeu de suas atividades partidárias na Câmara e tem trabalhado para isolá-la.



A raiz do imbróglio foi a votação da reforma da Previdência proposta pelo governo Bolsonaro. Tabata Amaral votou a favor mesmo com o PDT “fechando questão” contra o Executivo.

 

 

 



Sobre Mathias Jaimes

Mathias Ariel Jaimes ( DRT 5674 Ba ) , é CEO do site #TVServidor e sócio-proprietário da agência de comunicação interativa #TVS1 . Formado em publicidade na Argentina. Estudou artes plásticas na Universidade Federal da Bahia. MBA em marketing e comunicação estratégica na Uninassau. Aluno do professor Olavo de Carvalho, Curso Online de Filosofia, desde 2015.

Leia também!

Salvador registrou acumulado de chuvas superior aos índices de 2020

A Defesa Civil de Salvador (Codesal) recebeu, desde a última quinta-feira (8) até às 10h ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *