Principal / Destaques / PIB brasileiro cresce 1% no terceiro trimestre, diz FGV

PIB brasileiro cresce 1% no terceiro trimestre, diz FGV

No terceiro trimestre deste ano, a economia brasileira registrou crescimento de 1% em relação ao trimestre anterior. A informação é do monitor do Produto Interno Bruto (PIB) da Fundação Getulio Vargas, divulgado nesta quinta-feira (22). Em setembro, na comparação com o mês de agosto, o aumento foi de 0,4%. Entre os setores que contribuíram com o resultado do terceiro semestre estão os de serviços (0,7%), indústria (0,7%) e agropecuária (2,4%). Na indústria, a maior alta foi registrada na construção (1,5%). Também houve crescimento na indústria da transformação (0,7%). Dentro de serviços, as maiores altas foram observadas nos segmentos de transportes (2,5%) e comércio (1,3%).

Na comparação com o mesmo período do ano anterior, o PIB também apresentou crescimento: 1,7%. “Nesta comparação, todos os componentes do PIB, tanto pela ótica da oferta quanto pela ótica da demanda, apresentaram resultados positivos, à exceção da construção”, afirma Claudio Considera, coordenador do levantamento.

O Monitor do PIB-FGV estima todos os meses a soma de todos os bens e serviços produzidos no país em volume e em valor. O objetivo, de acordo com a Fundação, é “prover a sociedade de um indicador mensal do PIB, tendo como base a mesma metodologia das Contas Nacionais do IBGE”.

Sobre Mathias Jaimes

Mathias Ariel Jaimes ( DRT 5674 Ba ) , é CEO do site #TVServidor e sócio-proprietário da agência de comunicação interativa #TVS1 . Formado em publicidade na Argentina. Estudou artes plásticas na Universidade Federal da Bahia. MBA em marketing e comunicação estratégica na Uninassau. Aluno do professor Olavo de Carvalho, Curso Online de Filosofia, desde 2015.

Leia também!

Abraço Imaginário fecha com PT depois de “encontros secretos com Rui Costa”, indica site

Depois do rotundo fracasso em Salvador e Feira de Santana, a “federal de Bolsonaro” Dayane ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *