Home / Destaques / Prefeitura distribui mais 250 cestas básicas a famílias com autistas

Prefeitura distribui mais 250 cestas básicas a famílias com autistas

Max Haack SECOM

Mais 250 cestas básicas estão sendo distribuídas pela Prefeitura a pessoas em situação de vulnerabilidade social em Salvador. Desta vez, as beneficiadas são todas as famílias assistidas pela Associação Amigos dos Autistas da Bahia, localizada em Pituaçu. A entrega dos donativos, que contém alimentos e itens de higiene e limpeza, começaram a ser entregues nesta segunda-feira (8), na própria entidade. Estiveram presentes o prefeito ACM Neto e o vice Bruno Reis, além da titular da Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre), Juliana Portela, representantes da AMA e imprensa.

O prefeito lembrou que, desde a decisão de suspender as aulas na rede municipal, logo no início da pandemia, a determinação foi de conceder uma cesta básica por mês a cada aluno, já que muitos deles têm apenas a merenda escolar como principal refeição diária. A medida foi estendida depois às entidades de ensino conveniadas ao Município, cujo perfil de renda do público é muito parecido com o da rede municipal. Além disso, através da Sempre, estamos dando apoio a diversas instituições da cidade que cuidam de idosos, crianças órfãs e pessoas com deficiência. Sabemos da luta, dedicação e empenho dessas pessoas em cuidar dos mais necessitados e que precisam de apoio neste momento difícil”, afirmou ACM Neto.

Representando as famílias assistidas pela AMA, a dona de casa Giovana Oliveira, de 22 anos e mãe do pequeno Jonatas, de 3 anos e autista, disse que a doação das cestas é muito importante neste período de pandemia. “Nós, familiares, precisamos porque as crianças não estão na escola, estão em casa o tempo todo e, com isso, não têm acesso à merenda. Então ajuda bastante”, pontuou.

Máscaras – Na ocasião, o vice-presidente da AMA, Leonardo Martinez, agradeceu à Prefeitura por apreciar um importante apelo das famílias: a flexibilização do uso de máscaras pelos autistas, devido à dificuldade deste público em conseguir utilizar o equipamento de proteção individual. A medida, inclusive, está presente no decreto municipal 32.461/2020, publicado no Diário Oficial do Município (DOM) do último dia 1º de junho. De acordo com a associação, a capital baiana possui 45 mil pessoas com autismo. “É claro que o nosso pedido é para que todos fiquem em casa e usem a máscara caso tenham necessidade de sair. No entanto, veio esse pedido para que a Prefeitura flexibilizasse o decreto do uso de máscaras para as pessoas que sofrem com o autismo. E ninguém melhor do que as famílias para saberem a dificuldade que este público tem para usar o equipamento”, explicou ACM Neto.

Nova sede – O prefeito também informou que, através de emenda parlamentar, será construída uma nova sede da AMA, na Estrada do Curralinho, na Boca do Rio. A estrutura deverá permitir a ampliação para 800 o número de famílias assistidas, além de 3 mil atendimentos rotativos por mês.


CONTEÚDO ALTERNATIVO CASO O VISITANTE NÃO TENHA O PLUGIN DE FLASH EM SEU COMPUTADOR (ESTE CONTEÚDO PODE APARECER TAMBÉM ENVOLVIDO POR UMA "DIV")


About Mathias Jaimes

Mathias Ariel Jaimes é CEO da TV Servidor / Axé Notícias. Formado em publicidade. Estou artes plásticas na Universidade Federal da Bahia. MBA em marketing e publicidade estratégica na Uninassau

Check Also

Exército deve enviar Hidroxicloroquina e Ivermectina a Salvador; iniciativa é do vereador Alexandre Aleluia

O Coronel Haroldo Paiva confirmou, via documento oficial expedido pelo Exército Brasileiro – RB, que ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.