Principal / Municípios / Prefeitura remove 61 demarcações de terra ilegais na Pedra de Xangô

Prefeitura remove 61 demarcações de terra ilegais na Pedra de Xangô

Foto: Divulgação/Secom/PMS

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) removeu 35 barracos de madeira desabitados e 61 demarcações de terra na área da Pedra de Xangô, em Cajazeiras, durante ação de fiscalização realizada nesta terça-feira (28). Além disso, foram retirados 140 metros de cerca, cinco embriões e oito barracos de alvenaria irregulares desabitados. A operação contou com o apoio da Guarda Civil Municipal (GCM).

A ação tem como objetivo manter o ordenamento do local, preservar o uso legal da área pública e tombada. “A Pedra de Xangô é o terceiro elemento protegido pela Prefeitura Municipal com base na Lei de Preservação do Patrimônio Cultural do Município (8.550/2014), e não podem ser construídas unidades particulares”, destacou o diretor de fiscalização da Sedur, Átila Brandão Júnior.

Foto: Divulgação/Secom/PMS

Fiscalização – No dia 15 de agosto, os fiscais da Sedur removeram mais de 30 demarcações de terras e 45 barracos de madeira desabitados, em uma invasão de área pública na Rua da Gratidão, em Piatã. Já no dia 17, foram retirados 50 demarcações de terras e cinco barracos de madeira desabitados nos bairros de Cajazeiras V e VIII.

Fonte: Secom/PMS

 

Sobre Rafael Santana

Rafael Bonfim Santana é jornalista com experiência em diversos sites e jornais da Bahia com foco em pautas políticas regionais

Leia também!

Polícia Militar captura foragido em Eunápolis

Equipes da 7ª Companhia Independente da Polícia Militar (Eunápolis) recapturaram um foragido da Justiça, na ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *