Principal / TV / Relatos apontam que incêndio pode ter sido causado pela explosão de panela de pressão ou de botijão de gás

Relatos apontam que incêndio pode ter sido causado pela explosão de panela de pressão ou de botijão de gás

Foto: Divulgação/Bombeiros PMESP

Por enquanto, há pelo menos três versões para o início do incêndio no edifício de 24 andares no Largo do Paissandu, no centro de SP, na madrugada desta terça-feira (1º). No local, pessoas contaram que houve uma briga entre dois moradores no 5º andar. Já o pastor da Igreja Evangélica Luterana, Frederico Carlos Ludwig, disse que a zeladora da entidade foi acordada por uma violenta explosão. Algumas pessoas relataram que o incêndio pode ter sido causado pela explosão de uma panela de pressão ou de botijão de gás. Durante o incêndio, o prédio desabou. Outro prédio e uma igreja foram também afetados.

Cães farejadores chegaram a ser colocados no local, mas foram retirados, porque os escombros estão ainda quentes. No trabalho de rescaldo, grupos de bombeiros trabalham no ponto do desabamento em turnos de meia hora e voltam para uma base montada no Largo do Paissandu, onde se hidratam e descansam.

De quatro a cinco prédios foram evacuados. A possibilidade de desabamento do outro prédio atingido foi descartada pelos bombeiros. O secretário municipal de Segurança Urbana, Coronel José Roberto, afirmou: “Vamos fazer uma força-tarefa com engenheiros da Secretaria das Prefeituras Regionais para que venham para cá para a gente fazer uma avaliação prédio a prédio, para que a gente possa identificar efetivamente aqueles que estão com problemas estruturais, que as pessoas não possam mais entrar”, afirmou ele.

Fonte: Estadão Conteúdo

 

Sobre Rafael Santana

Rafael Bonfim Santana é jornalista com experiência em diversos sites e jornais da Bahia com foco em pautas políticas regionais

Leia também!

Vastiane lança campanha de arrecadação online; pré-candidata não utiliza dinheiro do “fundão”

Quanto custa ter um representante na Casa do Povo? Qual o valor médio que um ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *