Home / Municípios / Segundo trecho da Avenida Paulo VI passa por requalificação a partir desta segunda

Segundo trecho da Avenida Paulo VI passa por requalificação a partir desta segunda

Crédito: Bruno Concha/Secom/PMS

A segunda parte das obras de requalificação da Avenida Paulo VI, na Pituba, será iniciada na segunda-feira (20). O percurso contemplado é o da faixa exclusiva da via, compreendido entre a Delicatessen Superpão e a Rua das Margaridas. O trecho de 400 metros de extensão passará por requalificação asfáltica.

O trabalho contará com um processo mais complexo do que a primeira etapa por abranger escavação, suporte com matacão e base de brita. O prazo final para conclusão desta parte da obra é dia 10 de setembro. As intervenções da Prefeitura, por meio da Superintendência de Obras Públicas do Salvador (Sucop), visam a melhoria da malha viária, desgastada pelo fluxo intenso de ônibus naquela localidade.

A Transalvador informa que, por enquanto, não haverá necessidade de desvio de tráfego dos ônibus em razão da obra. Os veículos serão canalizados para a faixa da esquerda, trafegando pelo contra fluxo apenas no trecho em intervenção. Os pontos de ônibus, onde houver necessidade, serão temporariamente deslocados para mais adiante, com sinalização e equipamentos que garantam a segurança dos passageiros.

Até então, nenhum ponto precisou ser transferido de local. A obra iniciou na segunda-feira (13) e, durante a última semana, foram realizados serviços de fresagem e recapeamento em um trecho de 760 metros de extensão, partindo do Colégio Militar de Salvador até pouco antes da Praça Marconi, na altura dos Correios.

Crédito: Bruno Concha/Secom/PMS

Última fase – A parte final da obra será uma intervenção em um trecho próximo ao ponto de ônibus que fica do lado oposto ao Superpão. Será implantada uma nova pavimentação em concreto. O serviço começa dia 25 deste mês e durará quatro dias. Por conta do tempo de cura do concreto – processo técnico feito após endurecimento da peça com o objetivo de favorecer na hidratação e de dar maior durabilidade do cimento -, a parada de coletivos neste ponto está prevista para acontecer até 28 dias depois (30 de setembro).

Neste caso específico, a Secretaria Municipal de Mobilidade de Salvador (Semob) avaliará também a realocação da estrutura. Caso aconteça, a população será informada, com antecedência, sobre as alterações relacionadas a trânsito e mobilidade.

Fonte: Secom/PMS

 


CONTEÚDO ALTERNATIVO CASO O VISITANTE NÃO TENHA O PLUGIN DE FLASH EM SEU COMPUTADOR (ESTE CONTEÚDO PODE APARECER TAMBÉM ENVOLVIDO POR UMA "DIV")


About Rafael Santana

Rafael Bonfim Santana é jornalista com experiência em diversos sites e jornais da Bahia

Check Also

Em Camaçari, STT realiza ações socioeducativas nas escolas

Com cenário colorido, interativo e lúdico, mais de 100 crianças da educação infantil e ensino ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.