Principal / Destaques / Sem Bolsonaro o povo de Salvador estaria comendo cachorro morto, critica Alexandre Moreira

Sem Bolsonaro o povo de Salvador estaria comendo cachorro morto, critica Alexandre Moreira

O ativista conservador Alexandre Moreira, bolsonarista, rebateu o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), em publicação feita pelo chefe do executivo municipal através da sua conta no Twitter. Em tom duro, Moreira questionou a demora na elaboração do plano de recuperação econômica, apresentado pela prefeitura após mais de 150 dias de comércio fechado na cidade.

No último dia 3 de junho, Moreira protocolou, juntamente com demais membros do movimento Bahia Direita, uma Petição Pública pedindo a reabertura imediata do comércio em Salvador com a adoção das medidas de segurança sanitária, além da elaboração de um “Plano de Socorro Socioeconômico” para o município. Naquele momento, porém, o documento, que contou com mais de 1000 assinaturas entre empresários, autônomos e trabalhadores em geral, não foi apreciado pelo legislativo municipal, bem como pelo executivo.

“O poder público municipal demorou de dar amparo aos prejudicados. Hoje os números já mostram que 290 mil empregos foram perdidos só nos últimos meses em Salvador. Se o equilíbrio nas ações fosse praticado desde o início com certeza a cidade teria um resultado muito melhor no que diz respeito a preservação das vidas e dos empregos.”

Sobre Mathias Jaimes

Mathias Ariel Jaimes ( DRT 5674 Ba ) , é CEO do site #TVServidor e sócio-proprietário da agência de comunicação interativa #TVS1 . Formado em publicidade na Argentina. Estudou artes plásticas na Universidade Federal da Bahia. MBA em marketing e comunicação estratégica na Uninassau. Aluno do professor Olavo de Carvalho, Curso Online de Filosofia, desde 2015.

Leia também!

Confiança do empresário industrial cresce pelo quinto mês consecutivo

Depois de chegar ao pior patamar da série histórica, em abril de 2020, o Índice ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *