Home / Destaques / Servidores são capacitados para atender surdos e deficientes auditivos

Servidores são capacitados para atender surdos e deficientes auditivos

Quarenta servidores municipais que atuam diretamente com atendimento ao público estão sendo capacitados através do curso de Língua Brasileira de Sinais (Libras), que teve início na manhã desta segunda-feira (05), numa iniciativa coordenada pela Unidade de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência (UPCD). O objetivo do curso é garantir uma comunicação mais eficaz e um atendimento de qualidade, promovendo a inclusão dos surdos e deficientes auditivos. Essa foi apenas a primeira turma – a segunda começa as atividades na quarta (07). As aulas ocorrem no prédio da Associação Bahiana de Imprensa (ABI), na Praça da Sé, 5º andar.

Na ocasião, os presentes contaram com o auxílio de apostilas gratuitas, apresentações em Power Point, vídeos e simulações de atendimento. “Nosso objetivo é assegurar aos surdos e deficientes auditivos o acesso à informação e à comunicação dentro das instituições públicas municipais, e essa ação proporcionará um melhor atendimento a essas pessoas, facilitando o fluxo de trabalho”, afirma a diretora-geral da unidade, Risalva Telles. “Essa capacitação é importante para que esses servidores estejam aptos e preparados para um atendimento mais humanizado, garantindo uma melhor comunicação”, afirma Luana Alencar, professora de libras.

Lotada na Unidade de Saúde da Família (USF) Nossa Senhora de Guadalupe, no Alto do Peru, a técnica de enfermagem Tamires Pereira, 31 anos, já enfrentou dificuldades em atender deficientes auditivos. “Essa capacitação vai nos ajudar a prestar um serviço melhor, podendo prestar mais esclarecimentos e fazendo com que eles se sintam mais acolhidos”. Tamires ainda relata a dificuldade de ser entendida e até entender o que muitos deles querem expressar. “Existem sinais que achamos ser uma coisa, mas na linguagem deles é outra totalmente diferente, e a falta dessa interpretação pode dificultar o atendimento, e a partir desse curso esse caminho será encurtado, facilitando o acesso dessas pessoas com deficiência as informações assim como lhe é de direito”, finaliza.

A capacitação faz parte do planejamento estratégico da Prefeitura. A meta da UPCD é capacitar 150 servidores até 2020 nas mais diversas áreas que atuam com atendimento ao público, e a expectativa é que em abril sejam iniciadas as inscrições para terceira e quarta turma. A primeira turma tem encontros às segundas e terças-feiras, das 8h às 17h, e uma hora de intervalo ao meio-dia. Essa turma finaliza as atividades no dia 27 de novembro. As aulas da segunda turma terão início no próximo dia 7, com encontros às quartas e quintas, no mesmo período, com término das atividades no dia 13. Ao todo, serão 180 horas, divididas em três módulos. Para obtenção do certificado, o participante deverá ter 80% de aproveitamento.


CONTEÚDO ALTERNATIVO CASO O VISITANTE NÃO TENHA O PLUGIN DE FLASH EM SEU COMPUTADOR (ESTE CONTEÚDO PODE APARECER TAMBÉM ENVOLVIDO POR UMA "DIV")


About Mathias Jaimes

Mathias Ariel Jaimes é CEO da TV Servidor / Axé Notícias. Formado em publicidade. Estou artes plásticas na Universidade Federal da Bahia. MBA em marketing e publicidade estratégica na Uninassau

Check Also

Gamil Föppel silencia Fabrício em debate que abordou questões básicas da advocacia

Em um dos momentos mais calorosos do debate realizado hoje à tarde na Rádio Metrópole ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.