Terça da Bênção do Olodum estreia dia 18 – Notícias Política Bahia
Principal / Carnaval da Bahia / Terça da Bênção do Olodum estreia dia 18

Terça da Bênção do Olodum estreia dia 18

Crédito: Jefferson Peixoto/Ag. Haack

Uma das festas mais esperada do verão baiano por turistas e soteropolitanos já tem data para começar: É a Terça da Bênção que reúne, nesta terça-feira 18, o melhor da tradição da Banda Olodum, e importantes convidados da musica baiana: É o Tchan!, Jau e Ana Mametto. O Olodum conta sempre com a parceria de grandes empresas, entre elas, o patrocínio da Avianca. As próximas apresentações acontecem nos dias 8,15,22 e 29 de janeiro.

Como já é tradição, a Terça da Bênção tem sempre música nova de trabalho da banda Olodum. Desta vez é “Minha Tez (Pelourinho Iluminado)” a ser cantada pelo vocalista Lazinho. A festa pré-carnavalesca que abre o verão baiano começa, a partir das 20 horas, no Largo Tereza Batista, no Pelourinho. e terá como temas: As Duas Histórias – O Perfume das Rosas e Olodum 40 Anos. Uma verdadeira viagem no tempo que promete emocionar fãs e já revelar as novidades que o grupo levará para o circuito da folia no próximo ano. E a celebração continua, abrindo as festas dos 40 anos a serem celebrados em 2019.

Olodum garante encantar os presentes com hits como Rosa, Alegria Geral, Vem Meu Amor, Berimbau, Madagascar Olodum, Ladeira do Pelô, Protesto Olodum, Canto ao Pescador, Deusa do Amor e Jeito Faceiro também estão na lista das apresentações da banda.

Sobre Mathias Jaimes

Mathias Ariel Jaimes ( DRT 5674 Ba ) , é CEO do site #TVServidor e sócio-proprietário da agência de comunicação interativa #TVS1 . Formado em publicidade na Argentina. Estudou artes plásticas na Universidade Federal da Bahia. MBA em marketing e comunicação estratégica na Uninassau. Aluno do professor Olavo de Carvalho, Curso Online de Filosofia, desde 2015.

Leia também!

Protestos frente à prefeitura de Jacobina: “queremos trabalhar, prefeito! queremos trabalhar, governador!”

Os protestos contra o lockdown decretado por Rui Costa espalham-se por toda a Bahia. Em ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *