Principal / Destaques / Trabalhadores terceirizados de diversas categorias realizam manifestação no CAB na próxima segunda-feira

Trabalhadores terceirizados de diversas categorias realizam manifestação no CAB na próxima segunda-feira

cab

Os trabalhadores terceirizados que prestam serviços para o governo do estado realizam na próxima segunda-feira (10), às 9h, uma manifestação em frente à Secretaria Estadual da Educação (SEC), no Centro Administrativo da Bahia (CAB), para reivindicar providências imediatas da administração estadual em relação aos salários atrasados e os demais direitos trabalhistas, de acordo com Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado na quinta-feira (6), pelo secretário da Educação, Walter Pinheiro, Ministério Público do Trabalho (MPT) e o Ministério Público do Estado (MP-BA).

As direções do Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza Pública, Comercial, Industrial, Hospitalar, Asseio, Prestação de Serviços em Geral, Conservação, Jardinagem e Controle de Pragas Intermunicipal (Sindilimp) e Central Única dos Trabalhadores (CUT) organizam esta manifestação das trabalhadores terceirizados (merendeiros, copeiros, porteiros, faxineiros e pessoal de apoio administrativo e operacional para escolas da rede pública estadual através do Regime Especial de Direito Administrativo (Reda)) para denunciar a exploração e o descaso das empresas e exigir uma solução definitiva e um posicionamento firme do governo estadual.

Leia abaixo, na íntegra, o comunicado do Sindilimp e da CUT sobre a manifestação em defesa aos trabalhadores terceirizados na segunda-feira (10), em frente a Secretaria Estadual de Educação (SEC), no Centro Administrativo da Bahia (CAB):

Não é possível que os principais interessados, os trabalhadores e trabalhadoras terceirizados, fiquem sem informações concretas cobre o que foi firmado com o TAC. Há pessoas que estão sem salários em dia há mais de três meses. Como ficarão? Seus direitos estão assegurados? A contratação de merendeiros, copeiros, porteiros, faxineiros e pessoal de apoio administrativo e operacional para escolas da rede pública estadual através do Regime Especial de Direito Administrativo (Reda) assegura todos os direitos trabalhistas ainda pendentes? Essas e outras questões exigem respostas. Nossa ida organizada para a SEC, no CAB, visa, como sempre, assegurar os direitos da categoria.

O pleno funcionamento das escolas da capital e do interior só se assegura com o respeito aos terceirizados e pagamento de tudo que é devido.

Nesta segunda-feira (10), às 9h, na Secretaria de Educação do Estado da Bahia (SEC), no Centro Administrativo da Bahia (CAB),faremos uma grande manifestação e aguardamos a presença de todas e todos. Já passou da hora de se tratar com respeito as mães e pais de famílias que passam por tantas e inúmeras dificuldades em razão da exploração e descaso patronal. A SEC deve uma resposta concreta a cada uma, cada um, que enfrenta o ataque aos direitos trabalhistas assegurados em lei. Aguardamos a presença de todas e todos!

Foto: Reprodução/Site do Sindilimp

Sobre Rafael Santana

Rafael Bonfim Santana é jornalista com experiência em diversos sites e jornais da Bahia com foco em pautas políticas regionais

Leia também!

Centro de Convenções retoma atividades com programação até dezembro

Com oito eventos agendados até dezembro, o Centro de Convenções de Salvador (CCS), situado na ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *