Home / Destaques / Turmas de iniciação à natação e hidroginástica passam por avaliação na Arena Aquática

Turmas de iniciação à natação e hidroginástica passam por avaliação na Arena Aquática

Foto: Max Haack

O clima de entusiasmo tomou conta da Arena Aquática Salvador, na Pituba, nesta segunda-feira (4). No local, 145 crianças, adolescentes, adultos e idosos passaram pelos testes de avaliação de nível para começar as aulas práticas de natação e hidroginástica, previstas para próxima segunda-feira (11). As turmas serão divididas em adaptação e iniciação à natação, hidroginástica e aperfeiçoamento (para aqueles que já sabem nadar).

De acordo com a Secretaria Municipal de Trabalho, Esporte e Lazer (Semtel), responsável pela gestão da arena, até sexta-feira (8), todos os 720 alunos inscritos devem apresentar a documentação necessária e passar pelos critérios de nivelação para formação dos grupos. Até o final do ano, a previsão é que mais 1440 alunos sejam contemplados pelas aulas.

A documentação necessária incluiu carteira de identidade, CPF, atestado de escolaridade, comprovante de residência e documentos de identificação de pais, mães ou responsáveis legais para menores de 18 anos. Além disso, é preciso levar os atestados médicos emitidos por cardiologista e dermatologista, comprovando a saúde física para a prática esportiva.

De acordo com o gerente técnico da Arena, o nadador e campeão olímpico, Edvaldo Valério Silva Filho, conhecido como Valério Bala, a primeira fase é a conferência dos documentos. “Precisamos checar toda a documentação, principalmente os atestados médicos. Estando tudo certo, vamos apresentar a piscina e avaliar se o aluno se encaixa em iniciação ou aperfeiçoamento”, explica Valério, que monitorou de perto a entrada dos primeiros alunos na piscina.

Entre eles estava o pequeno Kallen Bernardo Andrade, de 9 anos. Atraído pelo sol forte, água cristalina e educadores físicos todos a postos, logo se encorajou e entrou na piscina semiolímpica (25 metros x 12,5 metros). Em uma das cinco raias, deu as primeiras braçadas, acompanhado de um dos quatro professores que serão responsáveis em ministrar, a partir do dia 11, as aulas de adaptação e iniciação à natação e hidroginástica, sempre às terças e quintas-feiras, das 6h às 18h. “Adorei! Rezando para começar logo na semana que vem”, disse o garoto.

Nos demais dias da semana, segundas, quartas e sextas, também de 6h às 18h, as turmas serão de aperfeiçoamento, ou seja, para quem já sabe nadar. De acordo com Valério, aqueles que se destacarem migrarão da piscina semiolímpica para a olímpica e poderão integrar a equipe que representará Salvador nas competições de esportes aquáticos. A piscina olímpica (25 metros x 50 metros) conta com 10 raias.

“Um equipamento como esse possibilita o fomento da atividade esportiva para quem não tem como pagar. Além disso, será palco para revelação de talentos na natação. Não tenho dúvida que daqui sairão muitos campeões”, frisou Valério, que fez história ao se tornar o primeiro nadador negro brasileiro a ganhar uma medalha olímpica, na competição de Sidney (Austrália), em 2000.


CONTEÚDO ALTERNATIVO CASO O VISITANTE NÃO TENHA O PLUGIN DE FLASH EM SEU COMPUTADOR (ESTE CONTEÚDO PODE APARECER TAMBÉM ENVOLVIDO POR UMA "DIV")


About Mathias Jaimes

Mathias Ariel Jaimes é CEO da TV Servidor / Axé Notícias. Formado em publicidade. Estou artes plásticas na Universidade Federal da Bahia. MBA em marketing e publicidade estratégica na Uninassau

Check Also

Entidades discutem execução e estratégias do programa Família Acolhedora

A operacionalização e estratégias do serviço Família Acolhedora foram discutidas e alinhadas na manhã terça-feira ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

google.com, pub-6410565665465772, DIRECT, f08c47fec0942fa0