fbpx
Principal / Breaking News / Unidades prosseguem com acompanhamento de saúde do Auxílio Brasil

Unidades prosseguem com acompanhamento de saúde do Auxílio Brasil

Das 153.688 pessoas em Salvador que precisam realizar o acompanhamento de saúde, exigido pelo programa Auxílio Brasil, 40 mil já estão sendo assistidas e contam com os dados atualizados. A ação é obrigatória para crianças menores de 7 anos, mulheres de 14 a 44 anos e gestantes de qualquer idade.



O acompanhamento pode ser feito de segunda a sexta-feira, em qualquer uma das 165 unidades básicas de saúde do Município, das 8h às 16h. O serviço é importante tanto para a continuidade do recebimento do benefício como para o preenchimento de dados sobre a saúde da população, que podem subsidiar novas políticas públicas.

Uma das pessoas que compareceram para fazer o procedimetno, na USF de Brotas, foi a trabalhadora autônoma Andreia dos Santos, de 41 anos. Beneficiária há alguns anos, em dezembro ela recebeu R$400 (valor atualizado) e, no próximo mês de fevereiro, espera obter também o vale-gás, para ajudar nas despesas de casa.

“Hoje eu vim para a avaliação do Auxílio Brasil, trouxe meu filho para se vacinar e também procurar atendimento para a minha mãe”, relatou.

SECOM Prefeitura de Salvador

As pessoas que não conseguiram realizar o acompanhamento obrigatório até dezembro do ano passado, ganharam mais um prazo para cumprir a exigência do programa, podendo fazer o procedimento até junho deste ano. Na unidade, devem ser apresentados o cartão do Auxílio Brasil, onde consta o Número de Identificação Social (NIS), a caderneta de vacinação das crianças e a caderneta de pré-natal das gestantes.

“O acompanhamento é importante, pois possibilita verificar alguns dados estratégicos de saúde, referentes à população. É possível identificar a atualização do calendário vacinal das crianças, o acompanhamento de consultas de pré-natal de gestantes e do crescimento e desenvolvimento das crianças. Isso faz com que tenhamos dados importantes para subsidiar outras políticas públicas”, ressalta Abdon Brito, coordenador de Atenção Primária à Saúde, da Secretaria Municipal da Saúde (SMS).

 

 

 



Sobre Emmanuel

Como me defino? Pernambucano, católico e ANCAP. Sem mais delongas... " Totus Tuus Mariae". "... São os jovens deste século, que na aurora do novo milénio, vivem ainda os tormentos derivados do pecado, do ódio, da violência, do terrorismo e da guerra..." Um adendo: somos dois pernambucanos contra um "não-pernambucano". Rs

Leia também!

Programa Primeiro Emprego garante oportunidades e amplia experiência profissional de jovens

O primeiro emprego é o passo seguinte ao curso técnico para a construção do futuro ...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.