Principal / Carnaval da Bahia / Vado Malassombrado apoia carnaval na Cidade Baixa

Vado Malassombrado apoia carnaval na Cidade Baixa

 

Crédito: Mathias Jaimes/TV Servidor

Encerrando os festejos do Carnaval de 2017 em Salvador, foi realizada no domingo (12) a Festa das Cabritas, no Subúrbio, com apoio do vereador Vado Malassombrado (DEM). A comemoração aconteceu no bairro do Alto do Cabrito e contou com a animação dos blocos do Peixe e Ressaca; enquanto que as crianças foram embaladas pelo Bloco Beijinho.

Vado Malassombrado teve também grande participação em eventos promovidos durante o período de Carnaval, na região da Cidade Baixa. “Para mim é uma alegria muito grande poder levar a alegria a todos os moradores dos bairros onde temos representatividade. Nunca esquecendo o apoio e a confiança do prefeito ACM Neto e do secretário Claudio Tinoco”, declara Vado, salientando que cerca de 3 mil pessoas (crianças, adultos e idosos) prestigiaram os festejos puxados pelo Mini Trio Carreta do Malassombrado e Trio-Malassombrado.

Luiz Anselmo

Ao todo, conforme o vereador, 22 blocos animaram as festividades na Cidade Baixa. Segundo ele, os foliões pipoca também tiveram espaço, animados pelo artista Ery Santos, além das bandas Flash 10 e Pimenta Elétrica, que executaram sucessos da Axé Music.

Os blocos travestidos foram representados pelas “As Vilgens da Pompéia” que neste ano completa 20 anos de fundação e do Bloco “É Menino ou Menina?”.

Na ocasião, as crianças se divertiram com os tradicionais blocos infantis Malassombraditos, Levadinhos da Ribeira, Pequerruchos, Gente Miúda, E.M.E.B, Estica e Puxa. No bairro de Luiz Anselmo, a alegria ficou por conta do “Bloco Levadinhos de Luiz Anselmo”.

Fonte: Secom/CMS

Sobre Rafael Santana

Rafael Bonfim Santana é jornalista com experiência em diversos sites e jornais da Bahia com foco em pautas políticas regionais

Leia também!

TV. Carnaval só poderá ocorrer em Salvador depois de vacinação em massa, admite Bruno Reis

Horas depois do prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, afirmar que não haverá Carnaval ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *