Home / Destaques / Vereadores não descartam possibilidade de aumento de salários a partir de janeiro de 2017

Vereadores não descartam possibilidade de aumento de salários a partir de janeiro de 2017

6-2

Os vereadores pretendem engordar os salários a partir do início do ano que vem. A Câmara de Salvador deve colocar em votação até o fim de dezembro uma proposta para aumentar os salários dos 43 vereadores em 2017.

O presidente do legislativo municipal, Paulo Câmara (PSDB), disse que o assunto não passa de especulação, embora não descarte a possibilidade de reajuste válido para a próxima legislatura, que vai de 2017 a 2020.

“Sinceramente, ninguém trata desse tema no momento. Nem nas reuniões do Colégio de Líderes nem pela Mesa Diretora. Se vai ter (aumento), ninguém sabe.  Pode acontecer? Pode. Mas garanto que isso não está na ordem do dia ou das prioridades ”, afirma.

De acordo com a Constituição, vereadores podem receber o máximo de 75% da remuneração paga aos deputados estaduais, fixada também em 75% do que ganham os federais. Em dezembro de 2014, a Assembleia Legislativa aprovou o reajuste de 26,33% no vencimento dos parlamentares, que pulou de R$ 20.042,44 para R$ 25.322,50. Caso o limite previsto em lei seja integralmente aplicado pela Câmara Municipal, os salários dos parlamentares da capital saltarão dos atuais R$ 15.031,75 para R$ 18.992,06, que gera um custo adicional de R$ 2,04 milhões por ano à folha de pagamentos.

Alguns vereadores se reservam ao se manifestar sobre o assunto, mas defendem a proposta para elevar os próprios salários. Três parlamentares ouvidos argumentaram que recebem a mesma remuneração desde 2013  e que o valor sofreu impacto da inflação, cujo percentual acumulado nos últimos quatro ano deve chegar em dezembro a quase 30%.

O cuidado em não tecer considerações sobre o aumento é resultado da pressão popular contra medidas semelhantes adotadas recentemente em outras cidades do país. Pelas redes sociais, cresce a mobilização para realizar um protesto na Câmara de Salvador no dia 7 de novembro. Contudo, o reajuste já é dado como certo entre vereadores da base governista e da oposição. Eles só não sabem quando a matéria será apreciada.

Foto: Reprodução/CMS


CONTEÚDO ALTERNATIVO CASO O VISITANTE NÃO TENHA O PLUGIN DE FLASH EM SEU COMPUTADOR (ESTE CONTEÚDO PODE APARECER TAMBÉM ENVOLVIDO POR UMA "DIV")


About Rafael Santana

Rafael Bonfim Santana é jornalista com experiência em diversos sites e jornais da Bahia

Check Also

Entidades discutem execução e estratégias do programa Família Acolhedora

A operacionalização e estratégias do serviço Família Acolhedora foram discutidas e alinhadas na manhã terça-feira ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

google.com, pub-6410565665465772, DIRECT, f08c47fec0942fa0